Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Criança

Ser criança é olhar para o mundo com olhos de fantasia, com o encanto que só a magia tem. É acreditar num mundo cheio de encanto e beleza , onde não existem barreiras, fronteiras, preconceitos, luta desenfreada pelo poder.
Ser criança é sonhar de olhos abertos, é construir castelos nas areias de nossa imaginação.
Ser criança é acreditar que tudo é possivel, mesmo o mais impossível.
Ser criança é espalhar sorrisos por onde se passa, cultivar a amizade como se cultiva uma flor.
Ser criança é aproveitar os momentos, é brincar, é divertir-se sem nenhuma preocupação.
Ser criança é conservar um coração puro, sem maldades ou malícias.
Ser criança é acreditar que o mundo é um horizonte amplo a ser explorado e descoberto, através das asas da imaginação tornar possível o impossível.
Ser criança é crer que em cada amanhecer um novo horizonte se abre, um explodir de esperança no ser humano, livre e liberto de todos os preconceitos, preocupações, mágoas ou ressentimentos, unidos, formando uma gigantesca família onde reina a paz, a concórdia, a harmonia, o respeito mútuo, o amor, a alegria, a confiança mútua, todos cumprindo a parte que lhe é destinada, uns ajudando os outros nas tarefas mais difíceis ou complicadas.

Céu (FMUP, 7/5/97)

3 comentários:

Céu disse...

Para começar gostava de dizer que concordo com o texto, de um modo geral e era bom se todos vivessemos de uma maneira semelhante. Do meu ponto de vista retiro do texto que devemos ser crianças de espirito, porem explicitando a nossa maturidade. Penso que, embora a Primavera seja uma epoca linda, devendo ser muito respeitada, tambem devemos deixar transparecer cada epoca existente em nos, contudo nao deixando q essa epoca com todas as suas virtudes seja jamais eskecida.
Luísa!

Céu disse...

Luísa! que bom que comentou...embora esquecendo-se de mudar o "céu", mas que ficou corrigido por tu assinares :)Talvez não tenha sido bem explícito o significado que era "ter no espírito a criança que existe dentro de cada um", pelo sentido sentido que deste, concordo contigo quanto a expressarmos nossa maturidade. Também concordo que devemos deixar transparecer a "estação" em que estamos vivendo, porque assim as pessoas podem ver o quanto somos verdadeiros. Um beijinho!
PS: se tiveres algum escrito teu e quiseres postar aqui, fala comigo :)

Mar disse...

Estou de acordo contigo sobre o tema "Ser criança". Quando vemos as crianças pelos parques ou no nosso entorno lhes vemos tao inocentes, puros e sinceros! Se voltamos a este tempo podemos recordar o maravilhoso que era vivir em um mundo tao autentico, simples e natural. Tivemos e vivemos todos estes sentimentos maravilhosos. Estes sentimentos tao puros continuam dentro de nós, moram dentro de nossos coraçoes e é tarefa de cada ser humano fazer brotar desde o nosso interior estes sentimentos tao sinceros e autenticos para o nosso próprio bem e realizaçao pessoal e para os nossos irmaos de caminhada nesta vida. Somente assim poderíamos conseguir um mundo um pouco mais humano e mais conforme com a nossa natureza divina.