Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Milagres?

E eu que pensei que o próximo tópico não era meu…

Bem, mais um pps, desta vez a falar de um milagre qualquer… Uma menina que nãoseioque, para o irmão que nãoseioquemais…
SECA! Tou farto de ler e-mails de milagres dos outros, de conhecidos de amigos que são primos em terceiro grau de uma conhecida de quem reencaminhou a mensagem… fartooo
Aqui fica o desafio: Milagres…
Esqueçam o acordar todos os dias, esqueçam o Benfica ser campeão…
Esqueçam o mar e as ondas…
Quero histórias de esperança, de amor, de carinho e reconciliação…
Ah! Importante! Esqueçam os conhecidos primos e nãoseimaisoque! Quero histórias em primeira mão!
Venham elas!
NC

8 comentários:

Céu disse...

Pensou erado! porque não há regras estabelecidas...
Surge a necessidade de acordo com cada momento, principalmente com o momento interior que se vive e da necessidade ou não de compartilhar ou interrogar esse momento...
Se você não gosta de ler os milagres dos outros, basta você fazer "delete" e o mail não te incomoda mais.
Por acaso esse mail retrata como o universo está sempre pronto para nos atender, desde que saibamos e definimos bem o que queremos, o que foi o caso da menina em questão, ela queria um milagre, especificou o milagre, embora nem soubesse o significado da palavra milagre, e Deus/universo se encarregou de fazê-lo acontecer, aliás, em tempos circulou um mail contendo o livro "O Segredo", que retrata exatamente isso, de que para se ter sucesso e obter o que se quer tem que se saber exatamente o que se quer, se quiser apreciar esse slide que mostra o livro, pode ir no site: http://sonhoeamor.no.sapo.pt clicando na imagem que diz "você é especial". Einstein pronunciou o que eu chamaria a lei do retorno : "a vida devolve o que nós enviamos para ela"
Quer história de milagres em primeira mão? não precisa ir muito longe, a tua própria vida já é um milagre. assim como o é toda a vida que surge no horizonte.

Nuno Coelho disse...

oi!
Primeiro, não é pelo e-mail... o e-mail é inventado, ou que não seja, já passou tanto que a intenção é muito bonita, mas falta credibilidade...
Assim, fica aqui o repto: primeira mão! Venham elas!
Quanto à vida ser um milagre, é assim, milhões de espermatozoides ficam à porta... um entra... é um milagre para o que entra, mas é uma treta para os que ficam à porta! Viu como a vida é? Por cada "milagre" que alegadamente acontece, demasiados pedaços de caca caem em cima de todos nós todos os dias... Assim, mais uma vez digo, venham aí os milagres em primeira mão! Vamos deitar abaixo o pessimismo!
Abraço
Nuno

Céu disse...

Você está muito azedo e descrente Nuno!
Que céu carregado de nuvens negras está no seu horizonte!
mas isso não te dá o direito de usar termos menos "elegantes" como o que empregou aqui.
Só porque uma estória é contada muitas vezes por várias pessoas, não significa que não seja verdadeira, está certo que "quem conta um conto aumenta um ponto", mas nem por isso perdeu a beleza e nem tão pouco deixa de transmitir uma emoção a quem a lê ou ouve!
A vida não é assim tão banal como você tentou transmitir, o milagre está em haver a união do sptz, já pensou quantos casais desejam ter um filho e não conseguem? mas o milagre da vida não para por aí, continua no desenvolvimento do bebê e termina com o seu nascimento (o longo túnel estreito que tem que percorrer) quantos vão ficando pelo caminho?? Cada vida que surge é um autêntico milagre que encerra um grande mistério, mas que torna cada recén nascido um vitorioso que venceu muitas batalhas até ao seu nascimento.
Outros milagres? é só olhar ao redor de si mesmo; Uma flor nascer no meio de uma rocha, encontrar um amigo no meio de tanta desilusão e amargura com quem podemos contar seja num momento triste ou alegre; em meio a um maremoto as águas circundarem um local de culto religioso sem o invadir com aconteceu há 2 ou 3 natais atrás, quando todos os outros recintos foram destruídos pelas águas violentas...
Chega, cabe a você encontrar o milagre e acima de tudo acreditar nele.
Ninguém pode fazê-lo por ti.

Nuno Coelho disse...

Lindo, lindo, maravilhoso... Mas o milagre está nos olhos de quem vê! Não serve para comparar à história da menina que deseja que o irmão seja operado e pimba! também podia ir a janela e berrar, quem sabe, o vizinho de cima fosse cirurgião? Quer ver uma flor como um milagre? parabéns! Mas daí a acreditar na história da menina? não dá. Demasiada coisa triste todos os dias para acreditar que coisas assim aconteçam! Assim, volto a perguntar - Milagres, histórias de esperança e que realmente nos fazem encarar o mundo de forma menos pessimista... há? cadê?
Quanto á sua igreja que não inundou, onde são construídas as igrejas? geralmente em locais elevados... quem vive nas igrejas? quem é que guarda a comida e os pertences nas igrejas? e os desgraçados que ficaram com tudo destruido pelas águas? tivesse inundado a igreja até ao teto, se isso salvasse as casas de todos os outros!
eu não sou só pessimisa: sou pessimista e práctico! eu não trocava uma vida que fosse por tudo o que há em fátima... mas trocava todo aquele circo, que acho uma vergonha à conta de quem tem fé, trocava a nova cruz de ferro, que as pessoas vão beijar, trocava todo o ouro que está nas caves de fátima, bolas, trocava todo o ouro que há em roma, por vidas humanas!
E veja que os nossos grandes dirigentes espirituais não pensam assim, pois fátima prospera à custa de quem tem fé, e roma prospera à custa de quem tem fé, e quem tem fé morre de fome e à espera de milagres.
Desculpe se torno o nosso blog menos cor de rosa, mas sou um produto da nossa sociedade, do nosso mundo. Se eu fosse Deus, e em parte, todos somos um pouco, ia sentir-me triste com a menina, que queria comprar um milage para o irmãozinho, e ia tentar ajudá-la, a ela e a todas as crianças, independentemente da fé, a toda a gente, independentemente da fé, pois o que vai no coração é que conta... agora, não me ia sentir nada feliz por ver que o meu povo adora imagens, adora actos de fé que não são nada do que realmente representa fé... Adora imagens, e sai da igreja e vira a cara a uma criança com fome! desvia-se de um pobre que pede comida! eu já tentei entrar numa igreja à procura de paz, mas infelizmente as nuvens negras perseguem-me, e embora seja calmo e repousante,não acalmo nem repouso, só fico triste em ver tanta imponência dentro de certas igrejas, e o povo com fome a orar por um milagre, QUE NAO VEM!
Tanto é sagrado o solo que eu piso quanto o de fátima ou outro qualquer... Por isso, também acho que devemos venerar o nascimento de uma flor como um milagre, mas eu penso mesmo isso! Não digo isso, e espero por ir a uma igreja para venerar uma imagem que não tem nada de especial. Uma imagem que foi feita pelos homens e à imagem e conveniência dos homens. eu sinto-me bem sentado ao pé de uma flor, a olhar para ela, ai encontro paz!
Já agora, se Cristo foi/é amor, porque é que o momento de Cristo que que tudo na fé invoca é a cruz? porque é que os santos podem segurar criancinhas, estar a rezar, e cristo tem que estar na cruz?
A mente dos homens é triste. Quando chegam a certo ponto, os que conseguem lá chegar, perdem a visão do que os levou a esse ponto. É pena.
Fica um abraço, desculpe ser a nuvem negra da casa, mas tem que admitir que tenho razão, e eu ter razão é uma coisa muito triste. Anos de meditação deram-me uma forma muito negra de ver o mundo... você pode ver um milagre na igreja que escapa ao fogo, eu vejo uma casa vazia e sem préstimo, comparada com tantas casas que se perderam.
Para mim, cada grama de ouro na posse da igreja é uma afronta a quem fez voto de pobreza! Penso que tudo o que as pessoas dão à igreja deve ser devolvido a quem realmente precisa. Não diga agora que deus é amor, paz, honra, pobreza e pureza, pois eu olho para si e vejo todas essas qualidades, mas olho para os nossos lideres espirituais e não vejo isso. pessoas como você são para mim mais dignas de falar em Deus, do que os próprios sacerdotes, ou já agora, do que muitas das pessoas que se dizem seguidores, e que afinal são vazias e não sabem o que realmente é ajudar o próximo.
Abraço
Nuno

Nuno Coelho disse...

e com isto pretendia coisas prácticas, palpáveis, o que é que foi bom para alguém sem custar nada a outros?
Isso é um milagre!
Um sobrevivente a um holocausto, não é milagre, é estatística!
Abraço!

Céu disse...

Quanta amargura, tristeza e revolta em suas palavras ...
O milagre não está nos olhos de quem vê e sim de quem sente ou recebe o milagre.
Não foi uma igreja que eu mencionei, também não estava situada no alto, fazia parte do hotel que ficou destruído menos o recinto aonde as pessoas estavam realizando um culto religioso... Eles estavam prestando culto a Deus na altura em que outros festejavam de forma não cristã, se bem que se recorda...
Concordo quando se refere ao luxo e ostentação que existe na religião, mas não se esqueça de que a Fé e a gratidão por ter alcançado uma graça é que faz com que as pessoas, às vezes sem ter o dinheiro para comer, façam seus donativos, mas ao fazer seus donativos não estão pensando que eles deveriam ser destinados a repartir com quem não tem. Portanto é uma doação. Está cero que se fosse seguir o preceito do "Chefe" quem recebesse essa doação deveria repartir com quem não tem, mas porque não pensar que essas construções são também direcionadas ao "chefe" e como tal de grande magnetude? Penso que pior são as reuniões dos dirigentes políticos que têm gastos farónicos, ás vezes para tratar de assuntos como a pobreza, ou os gastos exorbitantes com a compra de uma suposta obra de arte, quando por esse mundo a fora milhares de pessoas não têm um pedaço de pão para comer. Seria realmente um milagre se quem tem de sobra repartisse com quem não tem.
OS milagres acontecem a quem tem fé e a quem não tem fé, porém quem tem fé consegue ver o milagre acontecer e quem não tem, nem se apercebe que foi alvo de um milagre e permanece perguntando "Deus porque não falas comigo?" e Deus está sempre dando um sinal, mas quem não tem fé espera que esse sinal seja algo estrondoso, magnífico, exuberante, mas quem tem fé, ouve Deus falando em tudo que o rodeia.
o nosso blog não é cor de rosa por ser feito de ilusão, e sim porque é o libertar do nosso interior, como no nosso interior reside uma criança, daí ser cor de rosa, porque a criança vê o mundo sem as cores negras que os adulto transformaram esse mesmo mundo. Portanto o nosso blog permanece cor de rosa independente das cores que a nossa razão pinta.
A Cruz que para todos nós significa um fardo, é a expressão máxima do amor, ao dar-se a própria vida por outren. Ele tinha poder para impedir todo o seu sofrimento e não o fez em nome do amor que teve por nós, amor esse que retribuímos pregando-o na cruz. Sempre que nos afastamos Dele estamos o crucificando novamente.
Não há nada a desculpar, apenas a lamentar que neste momento a sua visão das pessoas seja menos cor de rosa, porém você não está sozinho nessa visão, também tem sido essa a minha visão também, por outro lado, significa que temos alguma sensibilidade dentro de nós que não nos deixa ficar mudos perante a evolução negativo que o Homem vem apresentando. Podemos dizer que somos felizes porque ainda temos uma voz que se levanta contra aquilo que pensamos ser uma injustiça, uma desumanização, uma violência ou um desrespeito para com os menos favorecidos.
Quisera eu poder olhar para mim com essas qualidades que diz enxergar em mim, mas que na verdade está é projetando as suas próprias qualidades.
Um grande abraço "cor de rosa" para atenuar essa nuvenzinha negra que paira no seu horizonte e no meu horizonte também!

Nuno Coelho disse...

Vamos andar de balancé? não sei como se chama aquela tábua, com o ponto de equilíbrio no meio, que quando um sobe o outro desce... vamos chamar de yin e yang... se vc tá "cor de rosa", eu tou negro... quando vc estiver negra, eu viro cor de rosa, tá?
A questão, seja doação ou não, entendo que o ouro / dinheiro deve ser usado em favor de quem tem necessidades, não para aumentar a ostentação de quem manda... Quanto aos politicos, eles têm a obrigação de olhar pelo seus eleitores... mas e isso funcionar? esqueça lá isso...
Quanto ao cor de rosa e criancinhas - também lamento não olhar o mundo assim, é pena, mas paciencia. Tento não deixar que o mundo envenene a forma como olho o próximo, mas de vez em quando isso é dificil.
Não sei porque, mas gostava de ver alguém contar que aconteceu ir na rua e esbarrar com a solução para a sua vida, tipo o "nosso" milagre, pois não acredito que isso aconteça... Se aconteceu com uma pessoa, em todo o mundo, se calhar já foi bom...
Abraço, vamos passar a outro tópico, pois este balancé já partiu, daqui a pouco estamos os dois na mó de baixo.
anime, pois a porcaria que o mundo tem para nos atirar vai continuar a cair, e ao menos aceitamos isso com um sorriso, para lixar o mundo!
ah! quanto a não ver os milagres, e não ouvir deus, se calhar o problema é que o meu deus chora de tristeza quando vê os seus milagres serem postos de parte por aqueles que mais os deviam louvar.
Abraço
Nuno

Céu disse...

Até que seria bom andar de "balanço", "gangorra", "escorrega", "vai à lua", brincar de "pique esconde", "pique tá", "pique bandeira", "pique cola", "queimado" "lenço atrás", "dançar a quadrilha", "jogar bolinha de gude". Está aí um pequenino milagre se isso acontecesse novamente para aqueles que um dia, no passado longíquo assim brincaram.Milagre maior seria se as crianças de hoje brincasse assim, Milagre maior ainda seria ver gerações diferentes brincando juntas. O que acha?
Nuno Você disse "vamos chamar de yin e yang... se vc tá "cor de rosa", eu tou negro... quando vc estiver negra, eu viro cor de rosa, tá?" mas será que não dá para estarmos na mesma onda em algum momento, nem que seja por frações de segundo ? ;)
Pegando em outra parte do seu comentário: "...mas gostava de ver alguém contar que aconteceu ir na rua e esbarrar com a solução para a sua vida, tipo o "nosso" milagre" tão simples e você não encontra ninguém que te conte histórias dessas, eu estava pensando em milagres exuberantes e realmente estava tendo dificuldade em exemplificar, mas esses tão singelos, não preciso ir longe, tenho alguns deles, todos relacionados com "ouvir a mensagem" grande parte das vezes o emissor foi o mar, um exemplo: "ouvir" a seguinte mensagem..."não deves ficar mais, porque começa a ser perigoso para ti", mesmo relutando em ir embora,afinal estava um dia de sol tão lindo e eu queria esperar pelo por do sol, resolvi me por a caminho, no exato momento que me viro, eu que estava sozinha até então, dou de cara com um desconhecido...pode ser mera coincidência, porém a sensação que tive ao entrar no carro e me afastar do local foi de alívio, como se tivesse escapado de um perigo. Chame o que quiser: intuição, alucinação, delírio, imaginação, eu considero que recebi um milagre, não sei se eu tivesse ficado lá sem "dar ouvidos" a mensagem o que poderia ter acontecido, porque era um lugar um pouco afastado, numa rocha sobre o mar, sem grandes alternativas de fuga. Essa foi uma das mais marcantes.
Também tem outra que aconteceu há alguns anos atrás, estava na travessia do Tejo em direção à lisboa para fazer o exame de Anatomia, estava com muito receio, porque era muito difícil e tentava imaginar o que sairia no teste práctico e assim ver se sabia e me tranquilizasse, de repente no céu as nuvens formaram a imagem de um osso, eis que o professor me manda escolher um osso eu disse que deixava a critério dele, para minha surpresa e tranquilidade o professor pegou no osso que eu tinha "visto" momentos antes no céu. Bem é melhor parar por aqui... porque os exemplos começam a "bailar" na minha cabeça, um atrás do outro, situações que já estavam esquecidas no "fundo do "baú" e que agora surgem como se tivessem acontecido ontem, exemplos esses que na altura me deixaram estupefacta, mas com o passar do tempo foram ficando fora das minhas lembranças.
Obrigada porque devolveu o tom rosado ao meu horizonte carregado de nuvens negras, ao fazer com que eu recordasse a minha infância e também, os meus "singelos milagres",singelos sim, porém marcos importantes, alguns deles decisivos na minha vida.
Talvez a solução para espantar as nuvens negras, seja a gente conseguir por breves momentos que sejam, brincar ou sentir as mesmas sensações de quando éramos crianças e balançávamos, sem nenhuma preocupação que não fosse, dar maior impulso para atingir alturas elevadas, que até causavam um certo "friozinho na barriga". :)
Um forte abraço!