Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Brilho do Amor


A pessoa em êxtase, após atingir o Nirvana (*), envolta pelo brilho mágico do amor, fica de tal forma encantada e ofuscada que ao mirar-se no espelho, vê uma imagem refletida que muitas vezes não corresponde a realidade: Jovem, elegante, bela, sensual, inteligente e poderosa, uma autêntica personagem de um conto de fadas, é o caso de uma pessoa velha mas que vê-se jovem, porque o amor faz a pessoa sentir-se rejuvenescida; é o caso da pessoa "insossa", sem atrativos, que se vê no espelho sensual e sedutora, capaz de despertar desejos incontroláveis, porque o amor inflama o desejo sexual; É o caso do gatinho frágil e delicado que se vê ao espelho como um leão poderoso, porque o amor aumenta a auto estima e transmite força e poder capaz de vencer os maiores obstáculos. É o caso da Cinderela vestindo uns "trapos velhos" mas que olha-se no espelho e vê uma linda princesa com um vestido belíssimo e uma teara de brilhantes sobre sua cabeça, porque o amor empresta brilho e liberta a fantasia.

Porém, quando retorna do Nirvana, saindo do estado de êxtase ou na ausência momentânea do ser amado, este sim, possuidor de um brilho e energia positiva maravilhosa contagiante, responsável por tal magnífico sentir, o véu mágico que envolvia o espelho, desfaz-se mostrando a realidade que conhecia, mas que havia ficado ofuscada pelo brilho do amor emprestado pelo ser amado e o distanciamento que existe entre ambos fica vincado: Um apresenta um brilho próprio e o outro só brilha por reflexo do brilho daquele. Um tem uma existência repleta de realizações, conquistas, sucesso, espalhando seu brilho, deixando marcas e fazendo a diferença por onde passa, inesquecível. Já o outro tem uma existência vazia, repleta de fracassos, sem brilho que passa pela vida sem deixar "obras" marcas positivas, somente negativas , facilmente esquecido.
Essa polaridade não é percebida de imediato, mas ocorre porque são almas gêmeas complementares atraídas pelos pólos opostos, as leis da física demonstram que os pólos opostos se atraem, embora a sintonia estabelecida dê-se justamente pelos pontos em comum: Pensamentos, ideias, atitudes, confiança que promovem uma entrega total de ambos, sem reservas, limites ou barreiras, fazendo com que o distanciamento entre ambos não se faça notar enquanto estão dentro da "bolha" que conduz por vezes ao nirvana, sendo complementares, ambos são as duas faces de uma mesma moeda, um é o pólo positivo e o outro o pólo negativo, um o Yin e outro o Yang. Racionalmente compreende-se as razões que levam o pólo negativo a sentir atração pelo positivo, porque é tudo o que não possui, agora não se compreende é o que leva ao pólo positivo sentir-se atraído pelo negativo, a não ser pela sabedoria que o ditado popular encerra: "quem ama o feio bonito lhe parece". contudo, isto revela a grandeza , o mistério e o poder mágico do amor: Modificar a realidade, nem que seja durante os breves momentos de sintonia.
(*) Nirvana »o ápice onde o espírito se liberta do corpo temporariamente

Nenhum comentário: