Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

O Feitiço do Amor



O amor tem poderes ilimitados, um deles é a magia que encerra como se um feitiço fosse lançado sobre a pessoa, ela vive num mundo diferente, em outra dimensão paralela a dimensão física, parece que não existe mais nada além da pessoa do seu amor, porém continua na sua realidade, só que a sua mente parece mais límpida, tudo surge com mais nitidez, o raciocínio fica mais apurado, a criatividade intensifica-se, a razão fica mais flexível, tolerante, menos "carcereira", há a sensação de liberdade incondicional, sem limites, barreiras ou entraves, como se não houvesse o impossível, até as crenças modificam-se, aquilo que antes achávamos que não existia, passamos a dar pelo menos o benefício da dúvida da existência ou passamos mesmo a acreditar. Sentimos-nos integrante do universo e como tal mais próximo de Deus, e surge a necessidade de preservarmos tudo que existe na natureza e no universo, seja um ser vivo ou não. A nossa sensibilidade se torna mais apurada, o sofrimento e a dor alheia nos "tocam" mais, surge o desejo de que todos estejam bem e felizes, até mesmo as nossas dores ou sofrimento parece algo sem importância maior que passará logo, acabamos por prestar menos atenção a nós mesmos, os nossos defeitos parecem ser pequenos.
Só nos apercebemos que estivemos sob o feitiço do amor ou de que esse feitiço existe, quando o amor se distancia de nós, nesse momento tudo a nossa volta perde o brilho e o encanto de antes, voltamos a estar mais pensativos e prestamos mais atenção a nós mesmos e menos ao mundo que nos rodeia. Sem que nos demos conta, estamos reclamando por tudo e por nada, intolerantes, coisas insignificantes assumem proporções catastróficas. Passamos a olhar mais para nós mesmos e os nossos defeitos assumem proporções muitas vezes super dimensionadas.

Nenhum comentário: