Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Cérebro...comando da vida!


O Cérebro humano é um autêntico laboratório bioquímico,que comanda a vida, coordena todas as atividades do organismo, através de estímulos provenientes dos 5 sentidos e da interpretação individual desses estímulos, desencadeia reações químicas, produzindo os neurotransmissores, segundo alguns autores são 30, divididos em 4 classes:

1- Acetilcolina => " é um éster, é o único neurotransmissor desta classe.A acetilcolina (ACh) é uma molécula simples sintetizada a partir de colina e acetil-CoA através da ação da colina acetiltransferase.


Um tipo diferente de transmissão nervosa ocorre quando um axônio se liga a uma fibra do músculo esquelético, em uma estrutura especializada chamada de junção neuromuscular. Um potencial de ação que ocorre nesse local é conhecido como transmissão neuromuscular. Em uma junção neuromuscular, o axônio subdivide-se em inúmeros botões terminais localizados em depressões formadas na placa motora. A acetilcolina é o transmissor especial utilizado na junção neuromuscular. ACh foi primeiramente isolada em 1914 por Otto Loewi, um fisiologista alemão, que ganhou o Nobel em 1936. Loewi demonstrou que ACh é a substância liberada quando o nervo vago é estimulada, causando a diminuição dos batimentos cardíacos. É um neurotransmissor em muitos vertebrados, e, nos humanos, está associado como os processos de memória e aprendizagem"..


2- Aminas
"Esses compostos são formados de fenilalanina e tirosina. A tirosina é produzida no fígado a partir da fenilalanina através da fenilalanina hidroxilase. A tirosina é então transportada para neurônios secretores de catecolamina onde uma série de reações a convertem em dopamina, norepinefrina e por fim epinefrina".
* Norepinefrina


* Adrenalina


* Dopamina =>"Além de ser um precursor para a síntese da norepinefrina, atua como um neurotransmissor em certas sinapses, regulando canais de potássio e cálcio na membrana pós-sináptica. Distúrbios nestas sinapses estão relacionados com o Mal de Parkinson e a esquizofrenia".


* Serotonina(5-hidroxitriptamina, 5HT) =>"É formada pela hidroxilação e descarboxilação do triptofano Parece ser um dos mais importantes neurotransmissores: alterações no nível de 5-HT estão relacionadas com variações no padrão de comportamento, como o sono, os impulsos sexuais, humor, entre outros. Além do cérebro, está presente em vários órgãos no corpo humano é um potente vasoconstrictor".

3- Aminoácidos
Vários aminoácidos existem em grandes concentrações no cérebro. Como muitos são precursores e/ou metabólitos de muitas reações no cérebro, fica difícil saber se são ou não neurotrasmissores. Alguns, entretanto, comprovadamente possuem neuroatividade, inibindo ou excitando a membrana pós-sináptica. Entre eles, os exemplos:
* Gama-aminobutírico (GABA)=> "O g-aminobutirato, um derivado de aminoácido, também chamado de 4-aminobutirato, (GABA) é um inibidor bem-conhecido da transmissão pré-sináptica no SNC e também na retina. A formação do GABA ocorre por descarboxilação do glutamato catalizada pela glutamato descarboxilase (GAD). As drogas anxiolíticas do grupo das benodiazepina exercem seus efeitos calmantes graças à potenciação das respostas dos receptores GABA-A à ligação do GABA"
* Glicina => glicina é um neurotransmissor inibitório no sistema nervoso central, especialmente a nível da medula espinal, tronco cerebral e retina.

*Glutamato => O glutamato é um aminoácido que não chega ao cérebro a partir da corrente sanguínea. O cérebro sintetiza-o a partir da glicose e de outros nutriente. O glutamato é o principal neurotransmissor excitatório no cérebro; mesmo quantidades mínimas dele podem desencadear potenciais de ação.


4-Peptídeos

Alguns peptídeos (macromoléculas formadas por uma dada sequência de aminoácidos) são, também, neurotransmissores:

* Endorfina/encefalina => "derivados da proteina pré-opiomelanocortina (POMC). Os neuropeptídeos são responsáveis pela mediação de respostas sensoriais e emocionais tais como a fome, a sede, o desejo sexual, o prazer e a dor".

A liberação desse neurotransmissores no nosso corpo dependem de uma complexa conexão nervosa, bem como de elementos abstratos do pensamento humano também interferem na ação dessas substâncias ( situações, conceitos individuais, cultura e a crença produzem resultados diferentes nas pessoas). A mesma situação é interpretada de forma diferente, por indivíduos diferentes.

Em forma de síntese:

Dopamina=>Controla a estimulação e os niveis do controle motor. Quando os níveis estão baixos no Parkinson, os pacientes não conseguem se mover,outras pessoas tem que ajuda-lo. Presume-se que o LSD e outras drogas alucinógenas ajam no sistema da dopamina.

Serotonina=> Esse é um neurotransmissor que é incrementado por muitos antidepressivos tais com o Prozac, e assim tornou-se conhecido como o 'neurotransmissor do 'bem-estar'. ' Ela tem um profundo efeito no humor, na ansiedade e na agressão.

Acetilcolina(ACh)
A acetilcolina controla a atividade de áreas cerebrais relaciondas à atenção, aprendizagem e memória. Pessoas que sofrem da doença de Alzheimer apresentam tipicamente baixos níveis de ACTH no córtex cerebral, e as drogas que aumentam sua ação podem melhorar a memória em tais pacientes. É liberada pelo sistema autônomo parassimpático.

Noradrenalina
Principalmente uma substância química que induz a excitação física e mental e bom humor. A produção é centrada na área do cérebro chamada de locus coreuleus, que é um dos muitos candidatos ao chamado centro de "prazer" do cérebro. A medicina comprovou que a norepinefrina é uma mediadora dos batimentos cardíacos, pressão sanguínea, a taxa de conversão de glicogênio (glucose) para energia, assim como outros benefícios físicos.

Glutamato
O principal neurotransmissor excitatório do sistema nervoso. O glutamato atua em duas classes de receptores: os ionotrópicos(que quando ativados exibem grande condutividade a correntes iônicas) e os metabotrópicos (agem ativando vias de segundos mensageiros). Os receptores ionotrópicos de glutamato do tipo NMDA são implicados como protagonistas em processos cognitivos que envolvem a aquisição de memória e o aprendizado.

Encefalina e endorfina
Essas substâncias são opiáceos que, como as drogas heroína e morfina, modulam a dor, reduzem o estresse, etc. Elas podem estar envolvidas nos mecanismos de dependência física.


Algumas doenças são derivadas de alterações a nível dos neurotransmissores:
A diminuição dessas substâncias pode provocar alteração do sistema supressor da dor, causando enxaqueca, depressão, ansiedade, fibromialgia, dor crônica, parkinson,alzheimer, etc.

O cérebro é um dos poucos órgãos que permanece praticamente desconhecido, devido à sua sua complexidade, qualquer avanço científico esbarra na obscuridade de nosso conhecimento. Essa complexidade é pré-determinada por nossos genes e ampliados pelas variadas situações de nossa vida, traduzidos ao consciente e inconsciente, formulando o que somos.
Todos os animais (inclusive o homem) são matéria orgânica por excelência, mas é como esta matéria é organizada e combinada a partir de nossos genes, que determina nossa inteligência, emoção e sentimentos.

Um exemplo dessa complexidade é a memória:"A memória é o armazenamento de informação pelo cérebro, sendo também função da sinapse. Cada vez que um determinado impulso sensorial particular passa através de uma sequência de sinapses, essas sinapses tornam-se mais capazes de transmitir o mesmo impulso da próxima vez, processo este conhecido como facilitação. Após o impulso sensorial ter passado através da sinapse um grande número de vezes, as sinapses tornam-se tão facilitadas que os impulsos gerados dentro do próprio encéfalo também podem causar transmissão de impulsos através da mesma sequência de sinapses, mesmo sem a entrada de estímulo sensorial. Isto dá a pessoa a sensação de experimentar a situação original, embora, na realidade, se trate apenas da memória daquela sensação".

Existe um elemento que é extrínseco ao homem, que é sua energia primordial/ vital; "Aquela centelha que colocou nossas células cardíacas a transmitir energia motora; e nossas células nervosas a produzir pensamentos por condução elétrica.Essa é a origem da vida, a origem da ligação entre os elementos, para formarem a matéria orgânica; esta matéria se combinar para formar códigos genéticos inteligentes; estes produzirem organelas e orgãos; e estes sintetizarem as drogas endógenas da emoção e dos sentimentos, gerando indivíduos únicos".
Algumas drogas com ação no SNC possuem uma estrutura química semelhante a de um neurotransmissor, podendo, então, se ligar ao sítio receptor neurotransmissores ("São substâncias liberadas quando o terminal do axônio de um neurônio pré-sináptico é excitado. Estas substâncias, então, viajam pela sinapse até a célula alvo, inibindo-a ou excitando-a"). A partir desse conhecimento é que muitas drogas são concebidas para tratamento, por exemplo da dor, como por exemplo os opiáceos, porém, infelizmente, o ser humano utiliza algumas drogas para obterem altas performances ou formas de prazer e não com fins terapêuticos, são exemplos a heroína, a cannabis, substâncias ilícitas, o flagelo da sociedade moderna, que vem causando a destruição ou aniquilamento dos seres humanos em proporções assustadoras, pois danificam o sistema nervoso central que coordena todo o funcionamento do organismo.

Segundo alguns pesquisadores: "A ingestão de carboidratos leva ao aumento nos níveis de insulina, que auxiliam na "limpeza" dos aminoácidos circulantes no sangue e facilitam a passagem do triptofano para o cérebro. O triptofano, uma vez no cérebro, induz à produção de serotonina que reduz a sensação de dor, relaxa e até induz e melhora o sono. Uma alimentação pobre em carboidratos, assim como uma alimentação com excesso de proteínas, por vários dias, pode levar a alterações de humor e depressão. O caminho é o equilíbrio!
Coloque poções de Bom Humor no seu prato! Fontes de Triptofano: leite e iogurte desnatados, queijos brancos e magros, carnes magras, peixes, nozes, banana, arroz, batata, feijão, lentilha, castanhas, abacate, soja e derivados. Fontes de Carboidratos: pães e cereais integrais, biscoitos integrais, massas integrais, arroz integral e selvagem, legumes, frutas e mel".

Fonte: http://www.cerebromente.org.br/n12/fundamentos/neurotransmissores

Wikipédia

2 comentários:

Anônimo disse...

Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!

Céu disse...

Obrigada Anônimo pelo seu comentário. Obrigada por achar que os "post" aqui colocados têm criatividade. É bom termos um retorno do que escrevemos, por isso aproveito para lhe perguntar quando diz que os post mais recentes estão melhores que os antigos, está se referindo ao conteúdo de alguns terem informações técnicas ou científicas com é o caso deste que fala dos neuro transmissores?
Um abraço