Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Natal é a manifestação do Amor



A vida é cheia de contrastes e contradições, demora-se muito tempo para se preparar algo, mas pouco tempo desfrutamos do que preparamos.
Vivemos como se a vida fosse longa, desperdiçamos o tempo, quando na realidade ela é breve, efémera.

Levamos muitos minutos para confeccionarmos uma refeição, porém em poucos minutos a ingerimos.


Passamos dias a preparar o Natal, entre comprar prendas, montar a árvore de natal, o presépio, preparar os pratos de comida e doces, para a família se reunir, mandamos mensagens para os amigos ou para quem gostamos, num clima de festa, embora muitas vezes dentro de nós não exista esse clima, fazemos tudo quase que rotineiramente ou como se ligássemos o "piloto automático". Nos dias que se seguem a família retorna para a sua rotina, por vezes longe, a magia outrora existente dá lugar ao lixo mais volumoso pelos papéis e caixas dos presentes trocados, os restos dos bolos, doces e pratos de comida que causam fastio só de olhar.


Natal é o renascer de nós mesmos e do amor e por isso manifestamos esse amor através dos presentes que damos, nas mensagens que enviamos, nos preparativos para receber quem gostamos.

Esse deveria ser o espírito do Natal, contudo, o que se observa, muitas vezes, não é a manifestação do amor, e sim manifestação do consumismo, materialismo e ostentação de riqueza que muitos apresentam ou aparentam, mas que no fundo encobrem a falsidade e hipocrisia existente, ou a intenção de humilhar, além da manifestação da estupidez do Homem reveladas pelas notícias de guerras, atentados terroristas, matando inocentes, entre eles crianças (justamente na região onde nasceu o menino Deus, colocado numa manjedoura, entre seus pais terrenos, aquecido pelo bafo da vaquinha e onde surgiu a Estrela do Oriente, guiando pastores e os Reis magos, figuras máximas do Natal, que são reproduzidas mundialmente através da construção do presépio, os mais variados) atitudes e manifestações que são contrárias ao amor, este sim é o verdadeiro e único significado do Natal.

Nenhum comentário: