Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 9 de junho de 2009

Tarefa realizada...missão cumprida!

Alguns seres humanos acreditam que cada um tem uma missão a cumprir nesta dimensão terrena e quando esta termina acaba o "prazo de validade" e o crepúsculo da vida chega.

O percurso da vida de uma pessoa é uma estrada cheias de curvas que forma um circuito fechado começando na Aurora da vida ( nascimento) e encerrando no seu Crepúsculo (morte) a estrada em si é a "missão" que tem destinada para cumprir e que poucos conseguem entender qual será. As curvas representam as tarefas ou pequenas "missões" do dia a dia em cada dia : Escrever um livro, por exemplo, fazer uma arrumação, elaborar um projeto, realizar um projeto, até mesmo um divertimento é uma tarefa e sempre que a concluímos uma missão foi cumprida, ultrapassamos mais uma curva da estrada. Por vezes "derrapamos" numa curva, porque surgiram obstáculos, estávamos desatentos, aceleramos demais, não agimos corretamente, não utilizamos os procedimentos corretos ou adequados, ou simplesmente tivemos uma ilusão de óptica, acreditamos que haveria uma curva, quando na verdade não existira.

Quantas vezes passamos pela vida em busca de saber qual é a nossa missão aqui na terra, que nem nos apercebemos que a missão é justamente o somatório das pequenas tarefas que vamos concluindo em cada dia no nosso dia a dia e que em cada tarefa concluída, nem paramos para nos felicitar porque concluímos aquela tarefa, por menor e mais simples que fosse.

Por vezes quando surge um contra tempo ou um obstáculo, ficamos parados lamentando o fato sem nada fazermos, sem "irmos à luta" ou ficamos reclamando ou criticando o ocorrido, quer uma ou outra atitude de nada servirá, ambas só dificultam ou atrasam o cumprimento da missão. Por exemplo, num estacionamento cheio, você avista uma vaga, o carro que está na sua frente não a utiliza, você gentilmente dá passagem a um carro que está numa passagem lateral, presumindo que queira se dirigir para a saída, só que ele vai e coloca o carro na vaga, não vai adiantar você ficar discutindo ou remoendo que não deveria ter feito a gentileza, a atitude a tomar deveria ser seguir em frente e procurar outra vaga, com certeza logo outra surgirá.

A dificuldade em realizar as tarefas é saber se é mesmo para ser realizada, se faz parte do circuito da vida, muitas vezes desperdiçamos tempo e energia para realizar tarefas que não são para serem realizadas, estão fora do circuito, ou então queremos realizá-la mais depressa e utilizamos atalhos, esquecendo o que diz o ditado popular: Quem se mete em atalhos mete-se em trabalhos ou "depressa e bem não há quem".

Sempre que concluírmos uma tarefa e dissermos para nós mesmos que a cumprimos, estaremos valorizando e até mesmo elevando a nossa auto estima, isso faz com que nos sintamos felizes gerando uma nova força e energia, que nos incentiva a seguir para a outra curva, que ás vezes ainda não avistamos, mas que se aproxima, a não ser que a nossa missão esteja cumprida e não existirão mais curvas na estrada da vida terrena.

Um comentário:

Mateu&" R. V disse...

gostei muio desta post mesmo ñ concordando muito

Já li muitos livros sobre a vida e suas dimenções e igo q tirei certas conclusões q ñ posso dizer pois seria dificil para a maioria das pessoas entender


AHHH


respondendo a suas perguntas


jogo um pouco de futebol e meu time é o Palmeiras


Abrçss