Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Passarinho verde...um presente mágico do Universo!

Literalmente não só vi um pássaro verde (se bem que com nuances azuis e cinza) como ele pousou na palma da minha mão para comer e por opção entrou numa gaiola.
Isso ocorreu momentos após ter recebido a visita de um amigo querido, muito especial, o que parece tornar verdadeira a expressão "vi um passarinho verde":

Origem: A fisionomia de quem viu é inconfundível: os olhos brilham, cheios de alegria pela novidade. A cor verde significa esperança, notícias boas. O passarinho em questão é um psitacídeo, nome esquisito para uma espécie de periquito verde.
Além disso, conta uma lenda que:
" alguns românticos rapazes do século passado adestravam o bichinho para que ele levasse no bico uma carta de amor para a namorada. Assim, o casal de apaixonados tinha grandes chances de burlar a vigilância de um paizão ranzinza"

Neste caso foi um periquito que provavelmente aproveitou-se da distração de alguém que tenha deixado a porta de uma gaiola aberta e voou em busca da liberdade, porém, essa liberdade tem um preço, não ter o alimento e a água á mão, digo ao alcance do bico. Como estava cansado, esfomeado, sedento parou aonde tinha um canário numa gaiola e ficou a espera que lhe dessem algo para comer e beber também. Foi o que aconteceu, lentamente adquiriu confiança para até pousar sobre a mão e comer o alpiste e a mistura contido nela. Como estava escurecendo aceitou o convite de pernoitar, da mão voou para dentro de uma gaiola que tinha a porta aberta e que havia sido desocupada recentemente. Na manhã seguinte, não quis sair da gaiola, mesmo esta estando com a porta aberta, pelo contrário, dirigiu-se para o lado oposto da porta aberta.

Uma experiência maravilhosa, carregada de encanto e magia, que veio consolidar as emoções que já haviam sido despertadas pela chegada do amigo, que por si só inserida num contexto prévio marcado por momentos que escapam a razão, confirmando que "existe mais coisas entre o céu e a terra que nossa vã filosofia pode alcançar".

Um comentário:

dyanna disse...

I like birds.Are very cheerful.