Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

domingo, 2 de agosto de 2009

O sentido da vida é a expressão do amor

O sentido da vida é conseguido pela expressão do amor. Este deve ser expresso em todos os momentos da vida, começando dentro de nós mesmos, nos nossos pensamentos, pois nossas ações são resultantes dos nossos pensamentos. Não é porque os pensamentos são invisíveis aos nossos olhos e ao olhar dos outros que podemos ter pensamentos menos dignos sem que expressem o amor a todos os momentos.
Porque o pensamento é energia e assim se reflete no universo, nas nossas ideias, no nosso comportamento, no nosso trabalho, enfim no nosso dia a dia.
A expressão do amor não requer obras faraônicas, requer gestos e atitudes simples, um sorriso, uma palavra amiga, o estender a mão a alguém que precise, o dividir um peso com alguém, ouvir um desabafo, entre outros, que até fazemos isso automaticamente, muitas vezes na nossa jornada, o fazer bem não olhando a quem e nem a espera de recompensa ou divulgação, mas que não são alvos de notícia, não dão lucros e não são mensuráveis.
Quando os nossos pensamentos são desprovidos de amor geramos uma onda negativa a nossa volta que nem nos apercebemos e ao contrário do postulado da física "pólos opostos se atraem" vamos atraindo ondas negativas, aqui sim o postulado da física se aplica "a toda ação corresponde uma reação de igual tamanha com a mesma direção em sentido oposto" ou como disse Einstein "a vida nos devolve o que mandamos para ela".
No dia a dia expressamos nosso amor nas atitudes que tomamos ou que deixamos de tomar, na forma como realizamos o nosso trabalho. Os compositores e os intérpretes musicais manifestam o seu amor na música que compõem ou que interpretam-na. Existem melodias que por si só difundem o amor pelo universo, cada pessoa que a ouve deixa-se embalar pela suas notas musicais, automaticamente sente o amor dentro de si e nesse momento até a sua respiração exala o amor, o que vai gerando ondas de amor que vai se ampliando, como quando lançamos uma pedra num lago e vemos a formação de círculos na superfície da água que aumentam de diâmetro à medida que se distanciam da pedra.
É o que acontece com esta sinfonia:
Ao ouvi-la nosso espírito eleva-se, sentimos-nos invadidos e rodeados pela Paz, como se fôssemos transportados para uma dimensão diferente, alcançamos o paraíso, sensação igual como acontece quando duas almas gêmeas se encontram.

Nenhum comentário: