Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Nem tudo que se quer... se consegue!

Existem expressões que parecem traduzir verdades absolutas, mas na pratica verifica-se que não é assim tão simples. Por exemplo a frase "querer é poder" em parte é verdadeira, mas em parte não o é, porque nem tudo que queremos podemos...
...se eu quero um carro da marca Ferrari, mas eu não tenho dinheiro é claro que eu não poderei ter esse tipo de carro;

...Se eu quero ir à lua e não sou astronauta ou não pertenço a NASA por exemplo, é claro que não poderei ir;

...Se eu quero comer um bolo, mas não sei fazer, não tenho quem faça e nem pastelaria por perto, é claro que eu não poderei comê-lo;

...Se eu quero jogar volley, mas não tenho uma equipe, é claro que eu não poderei jogar;

...Se eu quero ganhar na loteria, mas eu não jogar, é claro que eu não poderei ganhar;

...Se eu quero ser oficial da Marinha e não tenho o limite de idade exigido, é claro que não poderei ser da marinha

Entre o querer e o poder existem muitos condicionantes, o que não significa que devemos desistir do nosso querer, pelo contrário, devemos "ir à luta" e lutarmos até esgotarmos todas as hipóteses, oportunidades e vermos todos os ângulos, só assim poderemos aceitar que nem tudo que se quer se consegue, porque não "está escrito nas estrelas"e não é para o nosso bem, já que tudo que é para o nosso bem, está "escrito nas estrelas" e mais cedo ou mais tarde, dependendo do momento certo, do Universo mostrar o caminho e do nosso empenho, nós conseguiremos.

2 comentários:

Pedro disse...

Olá Céu! Bem disposta?

Concordo com o seu texto e seu raciocínio. De facto, a velha expressão «Querer é poder», não passa disso mesmo, de uma expressão que não deve ser interpretada à letra, senão, todo o indivíduo em sociedade era dono e senhor do mundo. Aliás, se a analisarmos bem, essa é a mentalidade de muitos indivíduos da sociedade que atribuem importância ao que têm, e não ao que são.
Já escrevia Rómulo de Carvalho (mais conhecido pelo pseudónimo, António Gedeão) no seu poema «Pedra Filosofal», «Eles não sabem nem sonham, que o sonho comanda a vida». Esta expressão (mediante quem a interprete), é uma pista para dizer que «Querer é poder», mas haja regras e respeito para as conseguir o que se quer na vida. E o que quer que se queira na vida, deve ser conquistado sim, com esforço e mérito para que se seja atribuído o justo valor, considerando os prós e contras que cada caminho (possível e/ ou hipotético) da realidade para o conseguir sem que com isto se injurie terceiros.

Beijinhos!

Pedro

Céu disse...

Obrigada Pedro pelo seu comentário!
Não conhecia essa expressão "Eles não sabem nem sonham, que o sonho comanda a vida", que dá margem a várias interpretações, uma delas, concordo que possa querer dizer que "querer é poder", mas também pode significar que os sonhos dão sentido ou rumo à vida, bem como pode significar esperança ou motivação para superar ou modificar a realidade.
Concordo com você, quando diz "...deve ser conquistado sim, com esforço e mérito para que se seja atribuído o justo valor, considerando os prós e contras que cada caminho (possível e/ ou hipotético) da realidade para o conseguir sem que com isto se injurie terceiros". o que veio preencher uma lacuna existente neste post, obrigada.
Um abraço!