Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Trabalho realização pessoal ou um fardo?

O ser humano tem necessidade de ter ou executar um trabalho, mesmo aqueles que já nasceram em “berço de ouro” em famílias milionárias. Quem não trabalha não produz, não deixa sua pegada nas areias da vida, sem contar que o não fazer nada, a ociosidade leva a adquirir vícios e conduz a marginalidade e a regressão no desenvolvimento. Normalmente trabalhamos para conseguirmos atender as nossas necessidades básicas de alimentação, agasalho, abrigo, deslocações, este é um trabalho voltado para a recompensa financeira e económica, em resumo para termos dinheiro no bolso. Quando estamos nos tempos das “vacas gordas” selecionamos o trabalho que gostamos, temos vocação ou estamos habilitados a executar. Porém em tempos de “vacas magras” nos sujeitamos a ter qualquer trabalho desde que tenhamos dinheiro para suprir nossas necessidade.

Algumas pessoas têm ambientes de trabalho péssimo, onde sentem-se sozinhas numa selva cercada de animais peçonhentos e traiçoeiros como cobras, preparadas para dar o "bote" e escorpiões, no meio de ciclones vindo de todas as direções como se fossem tiros ou dardos envenenados lançados de vários pontos estratégicos, de tal forma desgastante ter que estar em estado vigilante o tempo todo, que cada dia precisam de uma força interior extra para sair da cama e se preparar para ir enfrentar a “selva” do seu trabalho. Por mais que se mentalize que é um novo dia e que tudo será diferente nessa nova manhã, ao chegar ao local de trabalho novos venenos, ciclones lhe atingem, fazendo com que se pergunte se vale a pena esforçar por desempenhar um bom trabalho e torná-lo cada vez mais aperfeiçoado ou se faz o mínimo necessário para que possa no final do mês receber o seu salário, calando a sua ânsia de desenvolvimento, de conhecimento, de perfeição e de realização pessoal.

Se cada um cumprisse a sua parte na tarefa que lhe cabe dentro do seu ambiente de trabalho com dedicação e empenho em executá-la corretamente, não teria tempo para atraiçoar, invejar, caluniar e infernizar o outro que está tentando cumprir a sua parte da melhor forma que sabe ou pode. Se isso assim ocorresse então o trabalho com certeza seria uma realização pessoal que serviria de motivação para em cada manhã sair para o seu trabalho com ânimo para tentar aperfeiçoá-lo cada vez mais, motivo de orgulho e sensação de dever cumprido e não uma espécie de castigo ou fardo que a pessoa carregará grande parte da sua vida.

4 comentários:

Mateu&" R. V disse...

muito legal, o titulo está tudo haver com a postagem.

com certeza um trabalho arduo ebem feito é uma realização pessoal para muitos...



grande abraço

(nova postagem cabeça brilhante)

Céu disse...

Obrigada Mateu pelo seu comentário, concordo com você quando um trabalho bem feito é uma realização pessoal, porém nem todo o trabalho árduo gera realização pessoal.
Um abraço

Carlos disse...

O trabalho é realmente muito bom e ajuda no desenvolvimento das pessoas e da sociedade, não só economicamente.

Parabéns pelo texto, concordo com o que foi abordado, adoraria te-lo escrito.

Grande abraço.

Céu disse...

Obrigada Carlos, pelo seu comentário!
Obrigada também pelos parabéns! Que bom saber que temos pontos de vistas semelhantes em relação ao trabalho.
Sua frase final foi um grande elogio para mim, porque admiro a forma como escreve, com profundidade e clareza, e você dizer "adoraria te-lo escrito", significa que pelo menos nesse texto eu consegui escrever como você. Obrigada mais uma vez!