Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

O amor está no ar!

O amor está sempre na berlinda, porque, ora …
…Estamos vivendo-o no momento ;
…As lembranças do amor romântico e/ou acompanhado pelo Eros, que vivemos, experimentamos ou fantasiamos, povoam a nossa mente e nos enchem de emoções, fazendo o nosso coração bater num ritmo alucinado, como o ritmo da bateria de uma escola de samba no Carnaval e nos fazem ver imagens de corações nas nuvens no céu, nas ondas do mar ou para qualquer direção que olhemos.
…O dia consagrado ao amor, dia dos namorados aproxima-se, (não no Brasil, pois estes é no dia 12 de Junho, mas em outros países que o comemoram a 14/2, dia de São Valentim) e por isso há uma onda de amor no ar que se propaga nas asas do vento alcançando todos os corações, intensificando o amor para aqueles que o estão vivendo, despertando aquele que estava adormecido ou latente a espera de um “clik”, dando asas a imaginação e fantasia dos românticos sonhadores, criando uma atmosfera rodeada de energia positiva, colorida, alegre e festiva.
…Pensamos, refletimos, escrevemos sobre o amor, seja para responder a um comentário, seja porque interpretamos um texto onde figurava como tema central, seja porque reconhecemos no fundo de nós mesmos que Deus, sinônimo Amor, é o maior e melhor presente que recebemos na vida., quando estamos unidos a Ele o nosso horizonte torna-se amplo, tendo como limite o infinito.
Quando nos sentimos unidos a Deus parece que tudo se torna possível, nem bem formulamos uma pergunta logo de imediato obtemos a resposta, tudo se encaixa na perfeição, se for o momento certo de acontecer e se for da vontade Dele, até o que a primeira vista parece obstáculo, na verdade é uma porta que se abre a nosso favor e para o nosso bem, ou o que parece ser um porblema na verdade é a solução do problema que está mais adiante, mas que a nossa visão estreita não conseguia ver. Contudo, nem sempre nossa ligação com ele é assim tão forte, ou melhor nossa confiança não é total e absoluta, por vezes fraquejamos e deixamos que haja alguma interferência externa, como dúvidas, inquietações, medos, frustrações, abale essa confiança e a paz ou serenidade que sentimos outrora dá lugar às preocupações, tristezas e até mesmo revolta que acabam por gerar insônia ou transformar a vida momentaneamente num inferno onde nada dá certo, há muitas perguntas mas nenhuma resposta, muitos poblemas sem soluções a priori ou nada se encaixa na perfeição.

O amor está sempre no ar por isso é impossível que não esteja constantemente na berlinda!

(literalmente Berlinda é um pequeno coche de quatro rodas suspenso por dois varais, porém em termos figurados "o centro das atenções").

Nenhum comentário: