Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

segunda-feira, 8 de março de 2010

Simplesmente Mulher

Dia Internacional da mulher (100 anos) para não deixar passar em branco uma homenagem às mulheres sob a forma da réplica dos quadros de Dali e de dois textos recebidos por correio eletrônico:

1-Mulher é...

Ela mal nasce, nem cabelos ainda tem, e já lhe arranjam lacinhos coloridos bem colados à carequinha. Mulher nasce pra ser mais cores entre todas as cores.
Mulher é arco-íris.


Ela mal cresce, mal “desmama” as bonequinhas e já sai dando colinho para os colegas da escola, para o amiguinho tristonho, para a mamãe carente, para o papai cansado, para quem lhe pede abrigo.
Mulher é colo.

Ela adentra a adolescência, chama a atenção dos meninos, dos “maduros” sonhadores, dos passageiros de ônibus, motoristas, cobradores e até do irmão mais velho!
Mulher é tentação.
Quando já passa dos 20, quantas histórias já conta! Já teve amor malogrado, já teve o primeiro beijo, o primeiro namorado, despedidas, desencontros, alegrias inesquecíveis, sucessos, também fracassos.
Mulher é novela.

Vai para os 30, 40, 60... Não crê que alcança os 80! Quantos amores! Quantas marcas! Uniões, filhos, empregos, patrões (dentro e fora de casa), metas alcançadas, tantos desejos frustrados, tantas palavras já ditas, muitos silêncios impostos, compreensões, incompreensões, traições e mil desgostos.
Mulher é história.
E quando ela deixa o mundo, em algum canto do quarto acha-se um fio de cabelo, vê-se uma oração à antiga cabeceira, ouve-se sua canção favorita, seu confessor travesseiro e a mancha da última lágrima.
Mulher é saudade.

Mas ela sempre renascerá em outras mulheres, sempre será o que veio para ser, sempre cumprirá sua missão de Luz entre os homens, sempre será apenas e tão somente o que é.
Apenas e tão somente Mulher

(autor desconhecido)
2- Mulherão

Peça para um homem descrever um mulherão.

Ele imediatamente vai falar no tamanho do seios, na medida da cintura, no volume dos lábios, nas pernas, bunda e cor dos olhos... Ou vai dizer que mulherão tem que ser loira, 1,80m, siliconada e com um lindo sorriso.
Mulherões, dentro deste conceito, não existem muitas: Vera Fischer, Malu Mader, Adriana Galisteu, Letícia Spiller, Lumas e Brunas
Agora, pergunte a uma mulher o que ela considera um mulherão, você vai descobrir que tem uma em cada esquina...

Mulherão é aquela que pega dois ônibus para ir ao trabalho e mais dois para voltar e, quando chega em casa, encontra um tanque lotado de roupa e uma família morta de fome.

Mulherão é aquela que vai de madrugada para a fila garantir matrícula
na escola é aquela aposentada que passa horas em pé na fila do banco para buscar uma pensão de R$ 200,00.

Mulherão é a empresária que administra dezenas de funcionários de segunda
a sexta e uma família todos os dias da semana.

Mulherão é quem volta do supermercado segurando várias sacolas depois de ter
pesquisado preços e feito malabarismo com o orçamento.

Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes,que se maquia, que faz dietas, que malha, que usa salto alto, meia-calça, ajeita o cabelo e se perfuma,
mesmo sem nenhum convite para ser capa de revista.

Mulherão é quem leva os filhos na escola,busca os filhos na escola,
leva os filhos na natação,busca os filhos na natação, leva os filhos para a cama,
conta histórias, dá um beijo e apaga a luz.

Mulherão é aquela mãe de adolescente que não dorme enquanto ele não chega.
É quem,de manhã bem cedo, já está de pé, esquentando o leite.

Mulherão é quem leciona em troca de um salário mínimo, é quem faz serviços voluntários, é quem colhe uva, é quem opera pacientes é quem lava a roupa para fora, é quem bota a mesa, cozinha o feijão e, à tarde, trabalha atrás de balcão.

Mulherão é quem cria os filhos sozinha,é quem dá expediente de 8 horas e enfrenta
menopausa, TPM e menstruação.

Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores nos vasos, fecha a cortina
para o sol não desbotar os móveis, mantém a geladeira cheia e os cinzeiros vazios.

Mulherão é quem sabe onde cada coisa está, o que cada filho sente e
qual o melhor remédio para azia.

Lumas, Brunas, Carlas, Luanas e Sheilas: mulheres nota 10 no quesito linda de morrer, mas mulherão mesmo é quem mata um leão por dia!

( Martha Medeiros)

Um brinde a todas as mulheres Tim..Tim!

2 comentários:

Experiencias de uma vida disse...

Como mulher,mãe,avó e bisavó, me emoçionei com teu Post
Meus parabens
Muita paz

Céu disse...

Obrigada pelo seu comentário, "Experiências de uma vida", obrigada pelos parabéns! porém eu apenas transcrevi os textos recebidos. Quem está de parabéns é você porque sendo mulher, mãe, avó e bisavó ainda consegue estar a frente de um blog, colocando sua experiência de vida!Você é um exemploda "mulherão" descrita. Parabéns!