Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 8 de junho de 2010

Deus Pode... mas preferiu contar com você!

Uma verdade para quem é cristão: Deus é onipotente, mas em seu infinito amor fez o Homem a sua semelhança, logo deu-lhe poder em forma de dons. Transcrevo uma mensagem que recebi no correio eletrônico que ressalta exatamente isso:



"Só Deus pode criar
Mas você pode valorizar o que Ele criou

Só Deus pode dar a vida
Mas você pode transmiti-la e respeitá-la

Só Deus pode dar a fé
Mas você pode dar o seu testemunho

Só Deus pode dar a paz
Mas você pode semear a união

Só Deus pode dar a força
Mas você pode apoiar quem desanimou

Só Deus pode infundir esperança
Mas você pode restituir a confiança ao irmão

Só Deus pode dar o amor
Mas você pode ensinar seu irmão a amar

Só Deus pode dar a alegria
Mas você pode sorrir a todos

Só Deus é o caminho
Mas você pode indicá-lo aos outros

Só Deus é a luz
Mas você pode fazê-la brilhar

Só Deus é a vida
Mas você pode dar aos outros a alegria de viver

Só Deus pode fazer o impossível
Mas você sempre poderá fazer o que é possível

Só Deus pode fazer milagres
Mas você pode fazer sacrifício

Só Deus pode fazer a semente do bem germinar
Mas você pode plantá-la no coração humano

Só Deus se basta a Si mesmo
Mas Ele preferiu contar com você, comigo, conosco!"



Será que Deus pode contar comigo? Será que eu estou de costas voltadas ao invés de estar vigilante para perceber quando Ele está precisando mim, dos meus olhos, das minhas mãos, dos meus ouvidos? Ou será que eu estou tão ocupado comigo mesmo que não noto quando Ele está a espera de mim para realizar a sua obra? Parando um pouco para refletir nessas perguntas, eis que de repente uma revelação pouco confortável, surge: Quero Deus sempre pronto para me atender, mas passo praticamente o tempo todo indisponível para Ele, ocupada comigo, com os meus problemas, medos, angústias, preocupações, fazendo queixas, cobranças, lamúrias, pedidos, falando com Ele, mas não O ouvindo. Acusando-O dos meus fracassos, erros, das decisões erradas que eu tomei, mesmo que conscientemente não formule uma acusação direta.

2 comentários:

Experiencias de uma vida disse...

Paz contigo Amiga
Quando Jesus ensinou"Perdoa 70 vezes 7 vezes "
Já estava incluindo a nós mesmos
Deus conhece as nossas limitações
Quando reconhecemos os nossos próprios defeitos,já caminhamos um passo adiante
Seja caridosa com o próximo e contigo mesma
Questione mas não seja tão radical a cerca dos teus erros
Repito o item

” Só Deus é o caminho “
Mas você pode indicá-lo aos outros

Tenho a certeza que isto procuras fazer
Namastê

Céu disse...

Paz esteja contigo também amiga!
Obrigada por seu comentário recordando o ensinamento de Jesus de perdoarmos 70x7 e assim estaremos cumprindo aquilo que muitas vezes mecanicamente dizemos quando pronunciamos o "Pai-Nosso": ..."perdoai as nossas ofensas, assim como perdoamos a quem nos tem ofendido".
Pode continuar com a sua certeza de que eu realmente procuro indicar o caminho que penso ser correto aos outros e que procuro seguir, não sou apologista da frase "olha para o que eu digo, não olha para o que eu faço", pelo contrário,procuro ser coerente no dizer e no fazer.
Obrigada por me lembrar para procurar ser menos radical com os meus próprios erros.
Namastê!