Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Os símbolos religiosos nas repartições públicas

Acabei de ler uma mensagem enviada, por um amigo, pelo correio eletrônico, a cerca da polêmica da retirada dos símbolos religiosos das respartições pública:
"PADRE CORAJOSO-O Ministério Público Federal de São Paulo ajuizou ação pedindo a retirada dos símbolos religiosas das repartições publicas.Pois bem, veja o que diz o Frade Demetrius dos Santos Silva.
“Sou Padre católico e concordo plenamente com o Ministério Público de São Paulo, por querer retirar os símbolos religiosos das repartições públicas…
Nosso Estado é laico e não deve favorecer esta ou aquela religião.A Cruz deve ser retirada!Aliás, nunca gostei de ver a Cruz em Tribunais, onde os pobres têm menos direitos que os ricos e onde sentenças são barganhadas, vendidas e compradas.

Não quero mais ver a Cruz nas Câmaras legislativas, onde a corrupção é a moeda mais forte.

Não quero ver, também, a Cruz em delegacias, cadeias e quartEis, onde os pequenos são constrangidos e torturados.

Não quero ver, muito menos, a Cruz em prontos-socorros e hospitais, onde pessoas pobres morrem sem atendimento.

É preciso retirar a Cruz das repartições públicas, porque Cristo não abençoa a sórdida política brasileira, causa das desgraças; das misérias e sofrimentos dos pequenos; dos pobres e dos menos favorecidos”.

Frade Demetrius dos Santos Silva * São Paulo/SPFonte: FOLHA de SÃO PAULO, de 09/08/2009"

Olhando por esse lado, a polêmica deixa de existir e todos que até seriam contra a retirada da Cruz das repartições públicas, não mais seriam contra, muito pelo contrário apoiariam! Se bem que talvez justamente por tudo isso que fora relatado é que a Cruz devesse permanecer, para que a todo o instante os funcionários dessas repartições sejam obrigados a rever suas más ações e quem sabe não as modifiquem.
Talvez a Cruz devesse estar colocada também em todas as florestas e matas, para que criminosos como aqueles que desencadearam os milhares de incêndios que têm assolado várias regiões como na zona centro e norte de Portugal (onde 2 bombeiros, um deles uma jovem de 21 anos, perderam a vida no combate às chamas), na Rússia, Não a cometam novamente tais crimes ontra a natureza e contra o próprio Homem. Para que todo o sacrifício e sofrimento de Jesus na Cruz não tenha sido em vão. Na esperança de que houvesse mudança de comportamento, como na anedota:


Um pai judeu, com a melhor das intenções, enviou o seu filho para o colégio mais caro da comunidade Judia.Apesar das suas intenções, Samuel não ligava às aulas.
Notas do primeiro mês:Matemática 2 Geografia 3.5 Historia 1.7Literatura 2 Comportamento 0

Estas espantosas classificações repetiam-se de mês a mês, até que oPai se cansou:- Samuel ouve bem o que te vou dizer, se no próximo mês as tuas notase o teu comportamento não melhorarem, vou-te mandar estudar para umcolégio católico.

No mês seguinte as notas do Samuel foram uma tragédia, só comparávelao naufrágio do Titanic e o pai cumpriu com a sua palavra.Através de um rabino próximo da sua família, contactou com um bispo que lhe recomendou um bom Colégio Franciscano para o qual Samuel foiEnviado.

Notas do primeiro mês: Matemática 18 Geografia 16 Historia 16 Literatura 20 Comportamento 20

Notas do segundo mês: Matemática 20 Geografia 18 Historia 18 Literatura 20 Comportamento 20.

O pai surpreendido perguntou-lhe:- Samuel, O que é que te aconteceu para teres tão boas notas? Como é que se deu este milagre?- Não sei papá. Apresentaram-me a todos os colegas e a todos os professores e, logo de tarde fomos a uma igreja.

Quando entrei, vi um homem crucificado, com pregos nas mãos e nos pés, com cara de ter sofrido muito e todo ensanguentado. Perguntei, quem é Ele? E respondeu-me um aluno dos cursos superiores:'Ele era um judeu como TU. Então disse para mim: P***,... aqui temos que estudar, que estes gajos não são para brincadeiras.

Nenhum comentário: