Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Prazer solitário...uma observação embaraçosa ou surpreendente

A observação da obtenção de prazer solitário pode ser :
1- Embaraçosa/constrangedora - quando se presencia involuntariamente um homem buscando o prazer solitário ("pedir carona pro céu") como ocorreu no final do verão, numa praia deserta, onde um homem senta-se nas pedras de frente para o mar, afastado da areia, até aí nada de estranho, estaria contemplando o mar, porém, depois vem sentar-se na mesma direção, mais próximo, desta vez voltado para onde estava uma mulher , foi então que esta percebeu que estava acontecendo e se antes era uma impressão, logo deixou de ser, quando ocasionalmente se virou para desligar a máquina fotográfica, que estava no automático para fotografar o coração, que estivera fazendo na areia e viu que ele ficou de pé "sacudindo", por frações de segundos não houve reação, não sabia o que fazer, logo em seguida decidiu pegar nos pertences de forma serena e o mais natural possível e ir embora do local, deu algumas passadas, virou-se e o viu afastar-se correndo noutra direção.

Ou quando um cão de um amigo fica com as patas dianteiras fincado no nosso braço executando movimentos como se estivesse com uma cadela .

2- Surpreendente quando se trata de um animal, um periquito, em frente a um espelho, depois de ter estado sobre a gaiola de um canário tentando alcançá-lo, volta para a sua gaiola e em frente ao espelho arma-se abrindo suas asas e movimentando-se como se estivesse sobre uma fêmea.
A descoberta de que os animais também possam sentir ou buscar prazer de forma solitária, diante do espelho como no caso do periquito, ou utilizando o braço de uma mulher ou bonecas como no caso do cão, é algo realmente surpreendente e revela a verdade já pronunciada no século passado " existem mais coisas entre o céu e a terra do que a nossa vã filosofia pode alcançar"

Nenhum comentário: