Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Conto de fadas e a fantasia...formas de viver a realidade

Um prazer, mesmo que fugaz pode ser reconfortante, principalmente quando está rodeado de magia que nos deixa sem perceber se foi uma fantasia, um conto de Fadas ou um sonho, para tentar entender, nada como um passeio pelo Jardim Internet:

Um conto de fadas é um sonho em forma de realidade, e a fantasia é a realidade em forma de sonho. Colocando de outra maneira, um sonho é a independência da possessão inflexível de uma visão de mundo. Um sonho é como se perder em um labirinto, com a decisão de nunca voltar. Edogawa Ranpo, Izumi Kyouka, Kafka, Delvaux, Bellmer, Ooshima Yumiko... todos esses, todos esses escritores que escolheram viver na fantasia, que não poderiam definir conto de fadas. Se nós traduzirmos fantasia como "ilusão", então conto de fadas também pode permitir-se traduzir como "ilusão"? O trabalho de Ooshima Yumiko, "Plenata de Algodão" (Wata no Kuniboshi), sobre chibineko (gatos minúsculos) que reconstruíram o mundo em um simples relance, é o que o shoujo mangá se tornou. No instante em que um sistema para contos de fadas foi escrito, isso leva ao fundamento de "Um estranho conto da ilha Panorama" de Edogawa Ranpo, sobre uma utopia escondida de grande vontade. Por causa da poesia, o mundo todo havia feito uma transição através de uma estética chamativa. O conto de fadas contido no gato protagonista de Ooshima tinha igual habilidade, mas em um estilo diferente, o que eu penso que seja uma mistura de fantasia já estabelecida sem a mesma qualificação. Hello Kitty e Miffy podem se tornar tanto conto de fadas quanto fantasia. A escolha é sua. Mas se você achar Hello Kitty insanamente linda, e apesar da técnica manufaturada áspera, no estilo Andy Warhol, você ainda grita "kawaii", então Hello Kitty provavelmente se tornou sua fantasia. Quanto a mim, eu acho que as bonecas Rika são adoráveis, eu acho que as bonecas de Yotsuya Simon são adoráveis, eu acho as ilustrações de Tenniel de Alice no País das Maravilhas adoráveis, e eu também acho que as fotografias de cadáveres de Joel Peter Witkin são adoráveis. Quando uma jovem segue alguém no suicídio por sua própria vontade, parece um sonho. Mas ela não pode acordar duas vezes, essa donzela em florescência que chegou ao fim.Original: Novala Takemoto em "Soleilnuit"http://victoriasdolls.multiply.com/journal/item/65/65
E se pensarmos no mundo da ficção científica, este será uma fantasia, um sonho ou um Conto de Fadas? Talvez seja uma mistura dos 3 reunidas num só espaço, para mim a ficção científica de hoje será a realidade de amanhã, portanto partiu de uma fantasia baseado num Conto de Fadas que um dia alguém sonhou e que no futuro alguém concretizará. Como um ensaio ou uma antevisão do futuro.

Nenhum comentário: