Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quinta-feira, 23 de junho de 2011

A Morte não é Nada segundo Santo agostinho

Uma pétala de esperança colhida no "Jardim" Internet, através do coreio eletrônico, um bálsamo para um coração amargurado, gerando atenuação da dor provocada pela ausência do ente querido que partiu!


"A morte não é nada.

Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo
Me dêem o nome que vocês sempre me deram,
falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,
eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho...
Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua,
linda e belacomo sempre foi
."
Santo Agostinho

(Aurélio Agostinho nasceu em Tagaste, atual Argélia, no ano de 354 d.C. Membro de uma família que desfrutava de certo prestígio social, seu pai chamava-se Patrício e era pagão. Porém, sua mãe, que posteriormente ficou conhecida como Santa Mônica, era muito devota ao cristianismo, e após a morte do marido, dedicou-se totalmente à conversão do filho Agostinho. Em 370 d.C. ele foi para Cartago, na Tunísia, com o propósito de estudar direito, mas sua vocação falou mais alto, e acabou estudando literatura. Devido à sua enorme inteligência, ganhou vários prêmios com suas poesias, e tornou-se muito conhecido no meio filosófico.Durante 9 anos Santo Agostinho teve uma vida herege, onde viveu amasiado com uma mulher de identidade desconhecida, com a qual tiveram um filho chamado Adeodatus. Além disso, juntamente com alguns amigos, freqüentava uma seita religiosa local.Por volta de 383 d.C. Agostinho foi para Itália, onde conheceu Santo Ambrósio, que lhe ensinou a vida do celibatário. Decorrido algum tempo, Santa Mônica foi ao encontro deles. Juntamente com São Alípio, foram viver num vilarejo próximo, onde dedicavam-se unicamente ao estudo das escrituras.Santo Agostinho analisava a vida levando em consideração a psicologia e o conhecimento da natureza. Porém, o conhecimento e as idéias eram de origem divina)

domingo, 19 de junho de 2011

Idade para ser feliz...

...Uma pétala da rosa "sabedoria" colhida no "jardim" Internet:


A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida, a nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor.
Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso.
Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa.


Mario Quintana

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Que contas prestarei a Deus?

Um dia, estando em frente ao mar, numa total sintonia, absorta, concentrada nos pensamentos, liberta do mundo exterior, de repente surge das águas do mar o esboço de um vulto que se materializa, assumindo a forma de Jesus, o diálogo mental continua, na verdade estivera o tempo todo falando com Ele:
-Que contas prestarei a Deus...Eu sou uma decepção não é mesmo?


-Por que falas isso?


-Sou uma pessoa saudável, um corpo completo, um organismo perfeito, com a Graça de Deus:


*Tenho um par de olhos, bonitos, expressivos e poderosos, mas uma visão estreita/curta limitada para enxergar os desígnios de Deus e a beleza que todos os dias surge para mim. Olhos que lançam feixes de agressividade, ao invés de ternura e de luz;


*Tenho dois ouvidos, mas uma audição falha que não permite ouvir a voz de Deus, Suas mensagens enviadas através do Universo que me rodeia e do qual faço parte;


*Tenho boca, lingua, dentes, cordas vocais, um aparelho fonador, todo o conjunto preparado para ter o dom da palavra e transmitir conhecimento, sabedoria, harmonia, serenidade, conforto, esperança, fé, mas faço mau uso ou indevido, com gritos, mal julgamentos, críticas, proferindo palavras que magoam e ferem como punhal;


*Tenho mãos aptas para trabalhar, abraçar, acariciar, plantar ou semear, ajudar a erguer quem está no chão, mas tão pouca habilidade ou destreza para as usar, embora prontas para atirar a primeira pedra em quem erra, principalmente em mim mesma;


*Tenho pernas e pés para andar, correr, saltar, dançar mas passo a maior parte do tempo sentada;


*Tenho seios com algum volume e beleza, mas não dou o devido valor, chegando mesmo a achá-los sem graça ou sem beleza, quando muitas mulheres submetem-se à cirurgias, mesmo correndo riscos para a saúde, para torná-los volumosos;


*Tenho um corpo de mulher apto para a maternidade, mas escondido sob roupas pouco femininas ou sensuais, que em nada o faz sobressair ou realçar, não direcionado para ser mãe.


*Tenho uma libido normal, mas um "fogo" contido, reprimido falsamente ou supostamente, sublimado;


*Tenho desenvolvimento mental normal, mas interiormente deixei que o complexo de inferioridade predominasse, assumi como sendo possuidora de falha intelectual, de raciocínio, de inteligência e de capacidade, embora com grande criatividade, agilidade mental e um pensamento veloz;


*Tenho a profissão que escolhi, o sonho de uma vida, mas que deixei que as circunstâncias da vida impedisse de a exercer conforme fora idealizada, transformando-a em funcionária pública somente;


*Tenho um emprego seguro que me dá um salário que muita gente não tem e ainda assim conto os dias para receber o próximo salário, porque esbanjo como se rica fosse, mas apresento-me como pobre, não possuo nenhum bem material (casa, carro) e nem constitui família, como o fizeram as pessoas da minha geração, ou o meu pai que saiu de uma aldeia pobre, com poucos estudos e recursos, foi para uma cidade, num outro país e com seu esforço, sacrifício, trabalho, inclusive até fome passou, constituiu família e construiu um império(uma grande loja (2 andares) de comércio varejeiro, uma casa de 3 andares, 4 quartos, dependência de empregada, com piscina, garagem para 5 carros) formou 3 filhos, a minha mãe saída também da aldeia, recem-casada, jovem, com poucos estudos, foi junto com meu pai para uma cidade, sem conhecer ninguém, criou os filhos, fazia contas mais rápido que os vendedores, tinha destreza manual para bordar, fazer tricô, arranjos de flores, bolsas e cintos com contas, tinha muita criatividade, sempre pronta para ajudar a quem precisasse e apesar de toda a dificuldade que passou, tinha uma alegria de viver muito grande, estava sempre cantando modinhas da sua terra como se não tivesse nenhuma dificuldade;


*Tenho o dom de entrar em sintonia com o Universo e consequentemente com Deus, mas pouco fiz para aprimorar, desenvolver e aplicar esse dom, não aprimorei a intuição peça fundamental para essa sintonia;


*Tenho o Reiki e a Radiestesia ao meu dispor, mas, não aprofundei o conhecimento, subutilizo-os ou utilizo-os sem confiança ou convicção;


*Tenho os fundamentos do voley, gosto desse esporte, inclusive já foi o "ar que eu respirava", mas não os ponho em pratica como poderia, pelo contrário, às vezes até parece que não os tenho, quando deixo que pensamentos mesquinhos atrapalhem;


*Tenho gosto pela escrita e sei escrever, mas não aprimorei o talento, apenas junto as letras formando palavras, construindo frases, mas com pouco valor literário, escrevo muito mas pouco digo, são muitas palavras para pouco dizeres ou conteúdo.


O diálogo, ou melhor o monólogo, foi interrompido, como se tivesse ficado um vazio, pelo reconhecimento justamente dessa vida vazia ou melhor dizendo, deste vazio existencial e pelo receio de não suportar a resposta de Jesus assinalando ou enumerando o desperdício dos dons e talentos que Deus colocou à disposição .

domingo, 12 de junho de 2011

APAIXONE-SE...o amor fortalece e nos leva ao paraíso!!

O Amor nos fortalece e nos dá "asas" para voarmos até ao paraíso
Fantasia

Apaixone-se mais pela viagem...
do que pela chegada ao destino,a primeira opção é mais garantida
Apaixone-se pelo seu corpo...
mesmo que ele esteja fora de forma, pois de "qualquer forma" ele é a única casa que você realmente possue
Apaixone-se pelas suas memórias...
todas são deliciosas e ninguém pode tirá-las de ti, além de serem excelentes fontes de inspiração nos momentos de dor.
Apaixone-se pelas pessoas . que estão ao seu lado pois, na caminhada do dia-a-dia,a pessoa certa é aquela que está definitivamente ao seu lado.
Apaixone-se pelo sol...
ele é fiel, gratuito, absolutamente disponível... e te inunda de prazer.
Apaixone-se por alguém...
não espere alguém apaixonar-se por você só por garantia e segurança
Apaixone-se pelo seu projeto de vida...
Acredite! A vida é única e só a ti pertence
Apaixone-se pela dança da vida...
que está sempre em movimento dentro da gente, mas que por defesa teimamos por aprisioná-la
Apaixone-se mais pelo significado das coisas que você conquistar do que pelo seu valor material.
Apaixone-se por suas idéias...
mesmo que venha julgar que elas para nada servem
Apaixone-se por seus pontos fortes...mesmo que os pontos fracos insistam
em ficar em alto relevo no seu cérebro.
Apaixone-se pela idéia...
de ser verdadeiramente feliz;a felicidade encontra-se de sobra nas prateleiras de seus recursos
interiores.
Apaixone-se pela música...
que você pode ser para alguém...
Apaixone-se pelo fato de ser humano! Apaixone-se definitivamente por você!
Apaixone-se por alguém...
O amor e a paixão nos fortalece,
eleva a nossa auto-estima,
a nossa vontade de viver
e a de ser muito mais feliz.

-"O homem e a mulher podem seentender, não através darazão, mas através da intuição- o poder onisciente da alma -procurando atingir a perfeiçãoespiritual, tentando sentir eperceber tudo com profundidade."-Anandamoy, O Casamento Espiritual- Agradecemos ao Mestre Reiki Mario Santos(mensagem enviada pelo ConReiki)

O Pulsar Amoroso...a força das palavras modificando a vida!


FantasiaUma pétala preciosa do Jardim Internet enviada pelo ConReiki, à medida que vamos lendo, sentimos dentro de nós uma mudança, como se até então, estivéssemos acorrentado e pouco a pouco os elos da corrente vão se abrindo e vamos nos libertando.


O PULSAR AMOROSO

Sou merecedor. Mereço tudo o que é bom.
Mereço exatamente tudo, completamente e inteiro.
Agora me aproximo apenas dos pensamentos de permissão e de positividade.
Acolho todas as possibilidades, liberto-me em plenitude
Em minha mente, sou livre.
Agora me transporto para um novo espaço de consciência,onde estou disposto a me ver de maneira diferente.
Estou decidido a criar novos pensamentossobre mim mesmo e minha vida. Meu modo de pensar torna-se uma nova experiência.
Eu agora sei e afirmo que sou uno como Poder de Prosperidade do Universo.

Assim, prospero de inúmeras maneiras. Está diante de mim a totalidade das possibilidades.
Mereço vida, uma boa vida.

Mereço amor, uma abundância de amor.
Mereço boa saúde.
Mereço viver com conforto e prosperar.
Mereço alegria e felicidade.

Mereço a liberdade de ser tudo o que posso ser.
Mereço mais do que isso.
Mereço tudo o que é bom.
O Universo está mais do que disposto a manifestar minhas novas crenças.
Aceito essa vida abundante com alegria, prazer e gratidão, pois sou merecedor.
Eu a aceito; sei que é verdadeira.
Sou grato a Deus por todas as bênçãos que recebo.
(Louise L. Hay - Com pequenas adaptaçoes)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

A existência de Deus

Uma história, verídica ou não, que revela a existência de Deus, trazida nas "asas" da Internet:
AnjosDamico era dono de uma bem sucedida farmácia numa cidade do interior Era um homem bastante inteligente mas não acreditava na existência de Deus ou de qualquer outra coisa além
do seu mundo material
Um certo dia, estava ele fechando a farmácia quando chegou uma criança aos prantos dizendo que sua mãe estava passando mal e que se ela não tomasse o remédio logo iria morrer.
Muito nervoso e após insistência da criança, resolveu reabrir a farmácia para pegar o remédio
Sua insensibilidade perante aquele momento era tal que acabou pegando o remédio mesmo no escuro, entregou-o à criança, que agradeceu e saiu dali às pressas
Minutos depois, percebeu que havia entregado o remédio errado para criança e, se aquela mãe o tomasse, seria morte instantânea Desesperado, tentou alcançar a criança mas não teve êxito.
Gritou em desespero... e o tempo passava e nada acontecia Sem saber o que fazer e com
a consciência pesada, ajoelhou-se e começou a chorar e dizer que se realmente existia um Deus
que não o deixasse passar por assassino. O tempo passava e ele, de joelhos ficava pensando que a mulher poderia já estar morta e, certamente, ele teria de pagar por isso.
Refletiu sobre suas intemperança, sobre seu mau humor principalmente sobre sua insensatez.
De repente, sentiu uma mão tocar-lhe o ombro esquerdo e ao virar deparou-se com a criança em prantos.
Naquele momento ficou desconsolado. Mas tinha uma certeza:Deus, de fato, não existia. Já podia imaginar o que estava para lhe acontecer. O choro e o olhar triste daquela criança lhe atravessava a alma. No entanto, como um lampejo de sabedoria, perguntou ao menino o que lhe havia acontecido.
Então aquela criança começou a dizer:- "Senhor, por favor não brigue comigo, mas é que caí e quebrei o vidro do remédio, dá pro senhor me dar outro?"
Deus existe e te conhece pelo teu nome. Ele sempre tem o melhor para você, por mais que as circunstâncias mostrem o contrário. Creia neste amor que é maior do que qualquer um dos seus problemas, mesmo que estes sejam grandes e de difícil resolução.
Creia na vida melhor que Ele tem preparada para você! Creia neste amor!
Não considere esta mensagem como religiosa: é algo muito maior do que religião. É uma mensagem sobre o amor de Deus que te faz estar próximo dele. Quem te faz próximo ao seu Pai é este amor. Creia em todos os instantes deste dia como se fossem milagres realizados só para você, pois você é, com toda certeza, um dos milagres de Deus aqui na terra
.
Autora Cynthia Toffoli

sexta-feira, 3 de junho de 2011

TER FÉ...

Recebi esta pérola de vida no momento em que acabara de dizer, para um ente querido. que está desanimado por estar desempregado e não conseguir um emprego, que tivesse justamente Fé que o seu momento estava para chegar.
Ter fé é ACEITAR os desígnios de Deus ainda que não os entendamos, ainda que não nos agrade. Se tivéssemos a capacidade de ver o fim desde o princípio tal como Ele vê, então poderíamos compreender por que às vezes nossa vida é conduzida por caminhos estranhos e contrários a nossa razão e aos nossos desejos.
Ter fé é DAR quando não temos, quando nós mesmo necessitamos. A fé sempre encontra algo valioso onde aparentemente não existe; pode fazer que brilhe o tesouro da generosidade em meio à pobreza e ao desamparo, enchendo de gratidão ao que recebe e ao que dá.
Ter fé é CRER quando é mais fácil ficar na dúvida. Se a chama da confiança em algo melhor se extingue em nós, então não há outro meio que não nos entregarmos ao desanimo.
A crença em nossas bondades, possibilidades e talentos, tanto como em nossos semelhantes, é a energia que move a vida fazendo grandes vencedores.
Ter fé é GUIAR nossa vida não com os olhos, mas sim com o coração. A razão necessita de muitas evidências para arriscar-se, o coração necessita só de um raio de esperança. As coisas mais belas e grandes que a vida nos dá não se podem ver, nem sequer tocar, só se podem acariciar com o espírito.
Ter fé é LEVANTAR-SE quando se está caído. Os revezes e fracassos em qualquer área da vida nos entristecem, porém é mais triste ficar lamentando-se no frio chão da autocompaixão, acompanhado pela frustração e a amargura.
Ter fé é ARRISCAR-SE na troca de um sonho, de um amor, de um ideal. Nada que vale a pena nesta vida pode se conseguir sem esta dose de sacrifício, que implica desprender-se de algo ou de alguém, a fim de adquirir algo que melhore nosso próprio mundo e o dos demais.
Ter fé é VER positivamente a vida à frente , não importa quão incerto pareça o futuro ou quão doloroso foi o passado. Quem tem fé faz de hoje um fundamento do amanhã e trata de vivê-lo de tal maneira que quando fizer parte de seu passado, possa vivê-lo como uma grata recordação.
Ter fé é CONFIAR, porém confiar não somente nas coisas, mas sim o que é mais importante... nas pessoas. Muitos confiam no material, porém vivem relações vazias com seus semelhantes. Certamente sempre haverá gente que traíra tua confiança; assim o que temos a fazer é seguir confiando sendo mais cuidadoso com aqueles em quem confiamos.
Teer fé é BUSCAR o impossível: sorrir quando os dias se encontram nublados e teus olhos estão secos de tanto chorar. Ter fé é não deixar nunca de cobrir teus lábios com um sorriso, nem sequer quando está triste, porque nunca sabes quando teu sorriso pode dar luz e esperança à vida de alguém que se encontra em pior situação do que a tua.
Ter fé é CONDUZIR-SE pelos caminhos da vida da mesma forma que uma criança segura a mão de seu pai. É entregarmos nossos problemas nas mão de DEUS e nos jogarmos em seus braços antes de cair no desespero. Ter fé é descansarmos para que ELE nos carregue, em vez de carregar nós mesmos nossa própria coleção de problemas.
QUE EM NOSSA VIDA HAJA SUFICIENTE FÉ PARA ENFRENTAR AS SITUAÇÕES DIFÍCEIS, JUNTO COM A NECESSÁRIA HUMILDADE PARA ACEITAR O QUE NÃO SE PODE MUDAR.