Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sábado, 29 de outubro de 2011

Queria ser...

...AMANHECER: Para fazer um dia a mais de felicidade na Terra.

AMOR: Para unir as pessoas e lhes dizer que sou apenas uma delas!CANTO: Para alegrar os que vivem na tristeza.
CHUVA: Para correr toda a terra e molhar os campos devastados e secos.
DOR: Para amargar no peito dos infiéis.
FLOR: Para enfeitar os jardins no outono.
FORÇA: Para fugir dos que a utilizam para o mal.
GRITO: Para gritar a dor dos que sofrem em silêncio.
LÁGRIMA: Para fazer chorar os corações insensíveis.
LUAR: Para brilhar na noite dos amores incompreendidos. LUZ: Para iluminar os que vivem na escuridão.
NOITE: Para acalentar os que lutam durante o dia.
OLHOS: Para fazer enxergar os cegos de verdade.
SILÊNCIO: Para fazer calar as vozes que atordoam o coração do homem.
SINO: Para repicar nos Natais dos que possuem recordações amargas.
SOL: Para fazer brilhar os que não têm lua.
SONHO: Para colorir o sono dos realistas petrificados.
SORRISO: Para encantar os lábios dos amargurados.
VIDA: Para fazer nascer os que estão morrendo.
VEÍCULO: Para trazer de volta os que partiram deixando saudades.
VOZ: Para fazer falar os que sempre se calaram.



Gostaria de poder expressar meu agradecimento ao autor deste lindo texto, que traduz tudo aquilo que um dia eu queria ser, mas que não conseguirei ser, porém não encontrei o autor, entretanto na busca que realizei encontrei o "amanhecer"de Chico Xavier, que é uma proposta a ser seguida no presente, para poder preparar o futuro e quem sabe possa mudar o tempo verbal do passado "queria ser..." para o futuro "serei..."


"Quero nascer de novo cada dia que nasce.
Quero ser outra vez novo, puro, cristalino.
Quero lavar-me, cada manhã, do homem velho, da poeira velha, das palavras gastas, dos gestos rituais.
Quero reviver a primeira manhã da criação, o primeiro abrir dos olhos para a vida.
Quero que cada manhã, a alma desabroche do sono como a rosa do botão e, surja como a aurora do oceano, ao sorriso dos teus lábios, ao gesto de tua mão.
Quero me engrinaldar para a festa renovada com que cada dia nos convidas a desdobrar as asas como a águia em demanda do sol.
Quero crer, a cada nova aurora, que esta é a definitiva, a do encontro com a felicidade, a da permanência assegurada, a de teu sim definitivo."
(Chico Xavier)

Nenhum comentário: