Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Pare o mundo que eu quero descer...

Pare o mundo que eu quero descer... jogar para fora tamanha repugnância, nojo, revolta que estou sentindo neste momento... até onde chega o ser humano quando contrariado nas suas pretensões? ofende, calunia, lança uma nódoa na reputação pessoal e profissional de outros seres humanos, no local aonde exercem a sua atividade profissional, inclusive colegas de trabalho que presenciam o lamentável, reprovável incidente, mas quando solicitados a serem testemunhas, esquivam-se, negam ter ouvido o que quer que seja, quando a pessoa em questão falou-lhes diretamente, encolhem-se como ratos, assim como quase todos (felizmente 2 pessoas confirmaram ter ouvido.) que estavam presentes negaram ter ouvido as calúnias proferidas, uma delas posteriormente confessa ter ouvido, mas nada disse porque o marido não queria confusão. É caso para dizer novamente que vão todos "pra tonga da mironga do cabuletê"...

Meu pai dizia "não há pior ladrão do que aquele que rouba a moral do outro", os bens materiais o dinheiro compra outros, mas e a moral como se limpa quando esta foi manchada, atirada à lama?

É claro que não pode haver outra medida se não a participação da ocorrência em termos judiciais, isso acarretará chatices, aborrecimentos, como o foi um outro lamentável incidente, onde alguém para conseguir as suas pretensões priva o profissional de sua liberdade, no próprio local de trabalho, trancando-se junto com o profissional, retirando a chave da porta do gabinete deste e conservando-a em seu poder até chegar a autoridade policial. Entretanto será necessário para que a verdade seja reposta e não paire nenhuma dúvida sobre a moral do profissional em questão.

A que estamos sujeitos no exercício de nossa profissão?

Que mundo é este em que vivemos? Está uma pessoa tentando desempenhar correta e responsavelmente as suas funções da melhor forma que sabe ou pode e chega alguém que acha que o profissional deve atender suas pretensões, mesmo que não seja correto, quando isso não acontece passa a manchar a reputação do profissional pronunciando calúnias sobre ele, profissional, em público em alto e bom som para quem quiser ouvir, isso fica na cabeça das pessoas, mesmo que a verdade seja reposta, irá sempre pairar uma dúvida na cabeça daqueles que ouviram e para quem eles transmitiram.

Nenhum comentário: