Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 13 de março de 2012

Um mail...lágrimas de emoção!

Recados Para Orkut



hoje mais do que nunca "manteiga derretida", expressando a emoção livre da razão, depois de receber um mail, cujo título era "O livro que você nunca vai escrever"...enviado após a leitura do último livro editado, o meu amigo que me perdoe mas transcrevo aqui o mail que me enviou com suas palavras tocantes porque despertaram lágrimas de emoção:



Era uma vez um sol...Nada de especial, nem era muito brilhante...era um ponto de luz perdido e esquecido no universo, s'o podia ver outros pontos de luz ao longe e sonhar ser como eles...O seu brilho era pálido e fraco, nada de mais comparado com os outros, pelo menos era o que lhe parecia..
Mas graças ao seu brilho não ser excessivo, num pequeno planeta próximo dele existia Vida...Mas ele nem se apercebia disso, pois estava demasiado preocupado com o seu brilho e com o seu calor não serem suficientes...Mas nesse planeta, tudo florescia graças e ele... agradeço-lhe por ter sido uma estrela que iluminou a minha vida num período muito complicado. Céu Agradeço a sua presença, a sua paciência, o seu carinho, a sua atenção. Agradeço também por me incomodar com o excel, por me obrigar a pensar em soluções mirabolantes, por me obrigar a me manter ocupado em momentos que me apetecia desaparecer, por me fazer sentir importante para alguém num momento em que só me apetecia desaparecer...Esta é a Céu que conheço, que fez parte da minha vida, há anos-luz atrás, a quem eu quero apresentar a minha outra estrela, a minha outra luz, pois numa vida, cruzar-me com 2 pessoas assim fantásticas é de facto uma bênção...
Céu não pense nunca, que não deixou pegadas na sua vida, pois elas estão lá... Se as quiser ver com atenção, vai encontrar mais do que as que pode pensar à primeira vista.
Espero que esta mensagem a apanhe num péssimo dia, negro até ao tutano, para que no fim fique um sorriso igual que me me deixou tantas vezes, apesar da altura em que nos conhecemos.


Fica um grande abraço, gostei do seu livro, de saber mais acerca da pessoa que marcou tanto a minha vida. Tenho pena que não tenha consciência disso, pois como a minha história, deve haver mais no seu percurso tão acidentado e tortuoso...
Obrigado por tudo.
Faça um favor, acrescente no seu epitáfio:
Dos amigos: Uma verdadeira Amiga. Única no universo, e que marcou a nossa vida como ninguém.



Esse mail chegou na fase de recuperação das 2 semanas anteriores que foram negras, com tensão ao rubro, interferindo com a auto estima, inclusive levando a questionar e duvidar do próprio valor pessoal e profissional, embora no meio, tivesse recebido um bálsamo, uma brisa refrescante, proporcionado por um mail de outro amigo, que por coincidência, várias vezes proferiu palavras igualmente tocantes que despertaram lágrimas de emoção e da mesma forma que este, fizeram com que por momentos esquecesse a realidade e acreditasse que era alguém especial, maravilhoso, uma sensação muito agradável, que eleva o nosso espírito e o nosso ego também, nos sentimos grandes, porém, caído o "véu da ilusão", vem a consciência e a razão para mostrar que estes amigos são tão maravilhosos, eles sim são especiais, ímpares no Universo, que fazem parecer que somos o que na realidade não somos, o brilho que temos na verdade é o brilho dos olhos deles refletidos em nós.


Passado esse grande momento onde a emoção fluiu livremente, a razão surge trazendo uma reflexão, o acreditar quando nos dizem, que somos ou fomos importante para alguém, não nos pode fechar os olhos à realidade, embora, nos faça bem e seja necessário, por vezes, sairmos fora da realidade e assim "recarregarmos a nossa bateria/energia" para podermos seguir em frente. Uma outra reflexão surge desse precioso momento de emoção vivido, enquanto estamos sob o domínio da emoção parece que somos transportados de forma intensa e profunda, para uma outra dimensão e consequentemente, outra realidade, sentimos uma imensa felicidade que parece não ter fim, porém, quando somos trazidos de volta pela razão, a felicidade sentida diluí-se em seu lugar fica um vazio. É o mesmo que acontece quando entramos numa competição subimos ao pódio como vencedores e depois que descemos, passado a euforia da emoção do momento, sentimo-nos esvaziados, é como se enchêssemos um balão de ar até ele rebentar ou ser rebentado.

2 comentários:

Alcione Sousa disse...

Oi Céu Deus te abençoe e proteja a ti e a todos que te são caros .
Momentos lindos!
Momentos de pura emoção para ser guardados no fundo da alma,como um bálsamo Divino,para revigorar nossas forças sempre que for preciso.
MUITA PAZ
Namastê

Céu disse...

Que Deus lhe abençoe Amiga e aos que ama!
Obrigada pelo seu comentário, concordo com você "são momentos de pura emoção...um bálsamo Divino!" são esses momentos que enchem o nosso "baú de emoções" (coração) de energia positiva revigorante, que sempre quando nosso nível de energia baixa, este melhora simplesmente quando abrimos esse "baú", que o tempo não consegue apagar, e libertamos essa energia maravilhosa que lá guardamos que nos foi presenteada pelos amigos, nestes como é óbvio, você está incluída!
Namastê