Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Resposta de Deus ao nosso "Pai-Nosso": Filho meu...


Percorrendo os recantos esquecidos do meu "bichinho" (termo que empregava para o meu 1ºcomputador) encontrei esta exaltação ao amor e porque sou uma eterna apaixonada por ele, transcrevo aqui neste cantinho:

"Não existe dificuldade que o amor não consiga vencer.
Não existe doença que o amor não consiga curar.
Não existe porta que o amor não consiga abrir.
Não existe abismo que o amor não consiga transpor.
Não existe muralha que o amor não consiga derrubar.
E não existe pecado que o amor não consiga redimir. 
Não importa a profundidade do problema.
Não importa o quanto ele pareça insolúvel.
Não importa como parece distante a solução.
Não importa a gravidade da situação.
Não importa o tamanho do erro. 
Um pouquinho de amor dissolverá tudo.
Se você der amor,
poderá ser a pessoa mais feliz e poderosa do mundo."
Emmett Fox

Porque Deus é Amor, transcrevo a" resposta " Dele" ao  nosso "Pai Nosso" :

Filho meu que estás na Terra,
preocupado, confundido, desorientado,
solitário, triste, angustiado...

Eu conheço perfeitamente teu nome,
e o pronuncio abençoando-te porque te amo.

Não!.. Não estás sozinho,
porque eu habito em ti;
juntos construiremos este Reino,
do qual serás meu herdeiro.

Desejo que sempre faças minha vontade,
porque minha vontade é que sejas feliz.
Deves saber que contas sempre comigo
porque nunca te abandonarei
e que terás o pão para hoje.
Não te preocupes.
Só te peço que sempre o compartilhes
com teu próximo... com teus irmãos.

Deves saber que sempre perdôo
todas tuas ofensas, antes, inclusive,
de que as cometas, ainda sabendo que as farás,
por isso te peço que faças o mesmo
com os que te ofendem.

Desejo que nunca caias em tentação,
por isso segure bem forte a minha mão
e sempre confie em mim
e eu te libertarei do mal.

Recorde e nunca te esqueças que:
TE AMO , desde o início de teus dias,
e te amarei até o fim dos mesmos...
EU TE AMAREI SEMPRE PORQUE SOU TEU PAI!
Que Minha Bênção fique contigo e que meu
Eterno Amor e Paz te cubram sempre
porque no mundo não poderá obtê-las
como Eu somente as dou porque...

EU SOU O AMOR E A PAZ!
(Charles Pèguy, fiósofo francês)

sábado, 26 de maio de 2012

Dia de Aniversário...dia de fortes emoções!


O dia em que comemoramos o nosso aniversário é sempre um dia com emoções diferentes, por vezes fortes emoções que vão de um pólo a outro pólo, do negativo ao positivo ou vice-versa, este ano em particular começou no pólo negativo (o pai fragilizado, como poucas vezes o vi, pela ausência da mãe , de repente as lágrimas rolaram pelo rosto dele ao lembrar "a tua mãe se fosse viva estava sempre preocupada em comprar alguma coisa para a filha, mas eu não sei dessas coisas",  desde que minha mãe morreu, 11 dias antes  do meu aniversário, há 5 anos atrás, todos os anos este dia era passado com muita tristeza,  este ano pensei que seria o primeiro ano que eu começaria o dia sem as lágrimas de tristeza pela ausência dela, como nos outros anos, porque na véspera à noite estivera envolvida na confecção do bolo, queijadinhas e cupcakes de cenoura para apreciar junto com parte da família e portanto não me permiti pensamentos ou lembranças tristes, quando eles surgiam, logo eram cortados, tinha conseguido,  acordei com o mesmo estado de espírito com que fora dormir, mas diante da cena do pai, toda a carga negativa voltou, as lágrimas que até então foram contidas, libertaram-se e a tristeza escureceu o meu coração mas pelo menos meu pai ficou aliviado e passou todo o dia bem, como se não tivesse se passado nada), fui à missa (como sempre o fiz, porque já há muitos anos que sempre coloco um dia de férias nesse dia) junto com o pai, depois fui até a beira-mar, outro hábito que adquiri também há muitos anos atrás.Por isso,  Graças a Deus, ao mar e ao longo do dia,  ao carinho (manifesto quer pessoalmente, quer por telefone, "torpedo", mail, correio comum) dos amigos e da família, esse pólo foi se modificando até atingir o oposto, ou seja o positivo.
Este ano em particular, os amigos expressaram o carinho com dizeres tão lindos  que conduziram a um estado de êxtase tão profundo que calaram momentaneamente a razão, criando a ilusão de ser uma pessoa especial, por esse motivo os transcrevo (sem identificar o autor, já que não pedi a permissão deles para o fazer, eles poderiam não gostar de se verem assim tão expostos, embora penso que não esteja sendo justa para com eles):
1- Que passe um dia igual a você: Realmente especial,
Querida amiga,

Quero neste dia, dizer que a vida só vale a pena ser vivida quando somos lembrados pelo que cultivamos, pelo que representamos na vida das pessoas 
que nos cercam, e hoje eu me lembrei de você.
Feliz Aniversário e um grande beijo 
Estou muito orgulhoso de você, pois percebo que sua criatividade não tem limites e nossa escritora está evoluindo a olhos vistos. Não poderia deixar de ficar lisonjeado com o fato de ter sido premiado com a primeira mão que me distinguiu.
Um grande beijo do seu orgulhoso amigo
Querida amiga um grande beijo neste dia especial(...)

2-Oláaaaa!
   Parabéns pelo dia, parabéns pelo novo livro. 
   Parabéns pela V I D A!
   Nesta caminhada  longa e trabalhosa que é a vida, você, mais do que ninguém, faz parte da minha vida e sei que também faço parte da sua ( com muitas falhas).
    Hoje é um dia especial, muuuito especial, Deus me deu você pra compartilhar a vida!
    Sou muito feliz, então o presente é MEU, em ter você nela. 
    Por isso vivo muuuito feliz. Parabéns pra mim. Rs Rs Rs, que posso fazer parte da sua jornada.
    É uma bênção. Pode acreditar.
    Se já te falei isso, vou repetir. TE AMO, amiga , irmã.
    Felicidades sempre. Deus é muito bom comigo. 
    Tenho você!
    Sou pretensiosa...rs rs rs rs, nessa altura do campeonato, lembrar dos sucos com leite e morango, é ótimo. 
    Barrados no Baile...
    Hoje é dia de felicidade. Você nasceu!
    Que Deus te abençoe! Sempre! Você me ajuda muito com suas palavras.(...)


3- Olá Céu!

Muitos parabéns!
Pela genialidade com que sorri à vida; 
Pela preciosidade de ouro, porque amizades como a da Céu, são raras;
Além disso, a sua personalidade combina com as cores joviais da Primavera e do Verão.
Qualquer motivo é válido para lhe brindar todos os dias...e nesta data especial.
Muitos Parabéns! Muitos beijinhos! Feliz aniversário!

Aqui vai 1 brinde ao seu sorriso. 1 brinde a sua simpatia. 1 brinde à grandeza de sua personalidade.E como o conceito de flor é infinito e belo. 1 brinde à flor que recheia de cor toda a sua pessoa. Muitos parabéns! Feliz Aniversário
 Mais uma vez, MUITOS PARABÉNS! (Sabe bem desejar as felicitações de Feliz Aniversário quando se trata da melhor AMIGA!!!).
Gostaria ainda de lhe dizer que é para mim uma GRANDE HONRA, e uma GRANDE VAIDADE pessoal, ter a Céu como a minha melhor Amiga.(...)

4- Querida Céu, os anos vão passando, mas quero que saibas que nunca te esqueço. Recordo muitas vezes as nossas conversas e que ainda hoje me ajudam a caminhar num mundo tão falso. Feliz aniversário.(...)

Quem não se sentiria uma pessoa especial diante de tão belas palavras dirigidas a si? 
Diante dessa corrente de energia positiva, quem não teria  a auto estima elevada (mesmo que  só permanecesse assim enquanto durasse as emoções sentidas)? 
Logo a realidade chega e levanta o véu da ilusão, a razão mostra que no fundo  as palavras pronunciadas, nada mais são do que o reflexo do outro projetado em nós, porque vasculhamos dentro de nós mesmos e constatamos que pouco ou nada fizemos para sermos considerados uma pessoa especial.
Contudo:
Muito obrigada porque fizeram com que meu coração batesse num ritmo descompassado pelas fortes emoções que nele despertaram! 
Que Deus derrame suas Bênçãos sobre vocês!



quarta-feira, 23 de maio de 2012

Missão do Homem na Terra...Amar sempre!

Passeando pelo recôndito da memória revivi alguns momentos de grande emoção que mostraram o quanto fui uma pessoa abençoada por Deus, em vários campos, em especial,  no  campo do amor: sentir o poder do amor ao viver o amor em toda a sua plenitude, é um privilégio que poucas pessoas têm, com a Graça de Deus eu sou uma dessas pessoas, como recordação puxa recordação, surgiu um texto  recebido  há  alguns anos que fala justamente do amor e da missão do Homem na Terra: Amar sempre!
O Poder do amor
Acredita no amor e vive-o plenamente.Qualquer expressão de afetividade propicia renovação de entusiasmo, de qualidade de vida, de metas felizes em relação ao futuro. O amor não é somente um meio, porém o fim essencial da vida. Emanado pelo sentimento que se aprimora, o amor expressa-se, a princípio, asselvajado, instintivo, na área da sensação, e depura-se lentamente, agigantando-se no campo da emoção. Quando fruído, estimula o organismo e oferece-lhe reações imunológicas, que proporcionam resistência às células para enfrentar os invasores perniciosos, que são com batidos pelos glóbulos brancos vigilantes. A força do amor levanta as energias alquebradas, e torna-se essencial para a preservação da vida. Quando diminui, cedendo lugar aos mecanismos de reação pelo ciúme, pelo ressentimento, pelo ódio, favorece a degeneração da energia vital, preservadora do equilíbrio fisiopsíquico, ensejando a instalação de enfermidades variadas, que trabalham pela consumpção dos equipamentos orgânicos... Situação alguma, por mais constrangedora, ou desafio, por maior que se apresente, nas suas expressões agressivas, merecem que te niveles à violência, abandonando o recurso valioso do amor. Competir com os não-amáveis é tornar-se pior do que eles, que lamentavelmente ainda não despertaram para a realidade superior da vida. Amá-los é a alternativa única à tua disposição, que deves utilizar, de forma a não te impregnares das energias deletérias que eles exalam. Envolvê-los em ondas de afetividade é ato de sabedoria e recurso terapêutico valioso, que lhes modificará a conduta, senão de imediato, com certeza oportunamente. O amor solucionará todos os teus problemas. Não impedirá, porém, que os tenhas, que sejas agredido, que experimentes incompreensão, mas te facultará permanecer em paz contigo mesmo. É possível que não lhe vejas a florescência, naquele a quem o ofertas, no entanto, a sociedade do amanhã vê-lo-á enfrutecer e beneficiar as criaturas que virão depois de ti. E isto, sim, é o que importa. Quando tudo pareça conspirar contra os teus sentimentos de amor, e a desordem aumentar, o crime triunfar, a loucura aturdir as pessoas em volta, ainda aí não duvides do seu poder. Ama com mais vigor e tranqüilidade, porque esta é a tua missão na Terra - amar sempre. Crucificado, sob superlativa humilhação, Jesus prosseguiu amando e em paz, iniciando uma Era Nova para a Humanidade, que agora lhe tributa razão e amor.(Joanna de Ângelis. / Divaldo Pereira Franco IN: Momentos Enriquecedores).
Palavra puxa palavra,  do Amor na dimensão divina retratado, surge a lembrança de duas músicas,  que retratam o Amor na dimensão humana:
O Amor e o Poder
(Rosana)
A música na sombra, 
o ritmo no ar
Um animal que ronda 
no véu do luar
Eu saio dos seus olhos 
eu rolo pelo chão
Feito um amor que queima 
magia negra 
Sedução
Como uma deusa 
você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além
Aqui nesse lugar
Não há rainha ou rei
Há uma mulher e um homem
Trocando sonhos fora da lei
Como uma deusa 
você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além
Tão perto das lendas, 
tão longe do fim
A fim de dividir
no fundo do prazer
o amor e o poder
A música na sombra
o ritmo no ar
um animal que ronda
no véu do luar
Tão perto das lendas, 
tão longe do fim
A fim de dividir
no fundo do prazer
o amor e o poder
Como uma deusa
(me leva amor)
você me mantém
(longe do fim)
E as coisas que você me diz
Me levam além
Tão perto das lendas, 
(me leva amor)
tão longe do fim
(longe do fim)
A fim de dividir
no fundo do prazer
o amor e o poder

The Power Of Love (Celin Dion)
The power of love is a curious thing
Make a one man weep, make another man sing
Change a hawk to a little white dove
More than a feeling, that's the power of love

Tougher than diamonds, rich like cream
Stronger and harder than a bad girl's dream
Make a bad one good make a wrong one right
Power of love that keeps you home at night
Chorus 1 :
You don't need money, don't take fame
Don't need no credit card to ride this train
It's strong and it's sudden and it's cruel sometimes
But it might just save your life
That's the power of love
That's the power of love

First time you feel it, it might make you sad
Next time you feel it it might make you mad
But you'll be glad baby when you've found
That's the power makes the world go'round

Chorus 2 :
And it don't take money, don't take fame
Don't need no credit card to ride this train
It's strong and it's sudden it can be cruel sometimes
But it might just save your life

They say that all in love is fair
Yeah, but you don't care
But you know what to do
When it gets hold of you
And with a little help from above
You feel the power of love
You feel the power of love
Can you feel it ?
Hmmm

Chorus 3 :
It don't take money and it don't take fame
Don't need no credit card to ride this train
Tougher than diamonds and stronger than steel
You won't feel nothin' till you feel
You feel the power, just FEEL the power of love
That's the power, that's the power of love
You feel the power of love
You feel the power of love
Feel the power of love
Estas duas músicas expressam o poder do Amor que faz com que atinjamos outras dimensões para além da dimensão física ultrapassando o os limites da razão.
Que Deus abençoe todo aquele que acende a chama do Amor deixando seu rastro pelos caminhos por onde passa.


quinta-feira, 17 de maio de 2012

O que é o Amor?

Hoje fui até ao "baú" das recordações e encontrei algo mais sobre o amor:
"Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava sua 
esposa e que pensava em separar-se. O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhe apenas uma palavra: 
- Ame-a. E logo se calou. 
- Mas, já não sinto nada por ela! 
- Ame-a, disse-lhe novamente o sábio. 
E diante do desconcerto do senhor, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte:"Amar é uma decisão, não um sentimento; amar é dedicação e entrega...Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor...O amor é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide... Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuvas mas nem 
por isso abandone o seu jardim... Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o, dê afeto e ternura, admire e compreenda-o...Isso é tudo... Ame!!!" (autor desconhecido)
Hoje em especial o amor tomou conta do meu ser  por isso "vejo" o amor em tudo, no significado das palavras mais importantes:
Vida = É o Amor existencial.
     Razão = É o Amor que pondera. 
Estudo É o Amor que analisa 
Ciência = É o Amor que investiga
Filosofia = É o Amor que pensa
Religião = É o Amor que busca Deus
Verdade = É o Amor que se eterniza
Ideal = É o Amor que se eleva
= É o Amor que se transcende
Esperança = É o Amor que sonha
Caridade = é o Amor que auxilia
Fraternidade = É o Amor que se expande
Sacrifício = É o Amor que se esforça
Renúncia = É o Amor que se depura
Simpatia é o Amor que sorri
Trabalho = É o amor que constrói
Indiferença = É o Amor que se esconde
Desespero = É o Amor que se desgoverna
Paixão = É o Amor que se desequilibra
Ciúme = É o Amor que se desvaira
Orgulho = É o Amor que enlouquece
Sensualismo = É o  Amor que se envenena
Ódio, que julgas ser a antítese do Amor, não é senão o próprio Amor que adoeceu gravemente.
 Francisco Cândido Xavier
 
 no cântico religioso:
BELO 
Belo pra mim 
É criança a brincar 
É ouvir mil canções 
Numa concha de mar 
É chuva caindo 
É campo em flor 
E acima de tudo  
É o amor – o amor 
Belo pra mim 
Quando estou a sofrer 
E as trevas da alma 
Começam a crescer 
Lembrar com alegria 
Que além, muito além 
A espera de mim 
Existe alguém 
Ah, Ah! Existe alguém 
Ah, Ah! Existe alguém 
Que energia maravilhosa é a energia do Amor!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Crepúsculo da Vida... a única certeza que existe na vida!

O "Crepúsculo da Vida" foi o termo criado para substituir, a morte, conforme já foi mencionado neste "cantinho" algum tempo atrás, havia surgido quando pesquisava sobre a morte, um projeto de investigação que não foi avante, ficou pelo caminho, entretanto ressurgiu em força há 5 anos quando uma das estrelas da minha vida, a minha querida mãe, se foi, inicialmente como uma homenagem póstuma, um relato do sofrimento e da evolução da doença que culminou com o crepúsculo da  sua vida,  deixando um rastro de sofrimento e profunda dor nos corações de quem a amava. Depois como bálsamo  ou anestésico para a dor, não para acabar com ele, mas para torná-lo suportável, por fim como uma reflexão sobre o tema para superar a angústia que sempre existiu por pensar que um dia tudo deixará de existir, deixaremos de amar, sentir o aroma das flores na primavera, de sorrir,  de realizar projetos, fazer descobertas, ouvir o mar e os cantos do pássaros, deixaremos de ver aqueles que amamos e ver a beleza que nos rodeia , como por exemplo o Pôr do Sol, justamente por essa beleza misteriosa que significa o término do dia, o termo "Crepúsculo da Vida ” pretende dar ênfase a morte como sendo parte integrante da vida e, naturalmente, a única certeza que temos na vida, desde que nela entramos. Como a morte é o encerrar de uma vida, daí a analogia com o crepúsculo, que é o encerrar de um dia.
Alguns dias atrás um amigo  estava falando da sua visão da morte fruto da experiência da espiritualidade transmitida pela sua avó querida, no momento estava frágil e disse que noutra altura voltaria ao assunto, hoje  ao refletir mais um pouco, porque hoje faz 5 anos que minha querida mãe morreu, revi os questionamentos que fiz na altura e os transcrevo:
Uma série de perguntas assolam a todos em maior ou menor escala:
1- Como ocorre a morte?
Ocorre pela falência de um sistema composto integrado que, de alguma forma se desagrega.
 2- O que impossibilita irreversivelmente a vida corporal?
A supressão definitiva das funções do tronco cerebral que é responsável pela coordenação dos órgãos vitais e integração de suas respectivas funções
3- Como se morre?
Morre-se por velhice ou por inadaptação ao meio exterior. 
4- Será que existe vida após morte? será que reencarnação é um mito ou uma realidade? O que acontece depois da morte?
            Há muito que o Homem se debruça em responder a três questões fundamentais, Quem sou eu?, de onde vim ? Para onde vou? Na busca dessas respostas, acaba por se defrontar com outras interrogações que vão conduzindo a outras questões mais, entre elas se questiona se a morte é o fim ou será o início?
Nesse emaranhado de incertezas, de perguntas sem respostas, a única certeza que é comum ao Homem: A morte virá, só não se sabe quando, onde ou como ocorrerá.
Quando o ser humano nasce, já vem com o “rótulo” invisível do “prazo de validade”, quando chega esse prazo a vida, na dimensão física, chega ao fim. Por isso é que algumas tribos africanas celebram a morte com alegria, pois o destino nesta dimensão foi cumprido e recebem com tristeza a vida que surge porque não sabe o que a espera nessa jornada até chegar á inevitável morte!
O ser humano possui duas dimensões: a dimensão física e a dimensão espiritual, é a dimensão física que termina com a morte, não a espiritual, pois essa é imortal, é eterna. Olhando para um corpo morto no teatro anatômico que tenha morrido de morte natural e não de acidente ou traumatismo, sem lesões visíveis, parece alguém que está dormindo, o que faz a diferença entre o corpo que está dormindo e o que jaz sobre a pedra fria do mármore, é que no primeiro existe o sopro da vida e no segundo não. O sangue que circula naquele, já não circula neste, porém, se não há ferimento por onde sair o sangue, para onde vai todo o sangue que antes circulava nos vasos? A ciência vai responder que houve um processo de coagulação, mas uma pergunta fica: Porque o sangue não coagula enquanto há o sopro da vida? Esta observação é apenas um “pensar alto” na tentativa de responder a pergunta se existe vida após a morte, ou melhor vida após vida, porque se consideremos que há a vida física que se extingue com a morte, a vida espiritual continua a ocorrer só que num plano superior, invisível aos olhos na dimensão física. Para aqueles que são cristãos o que foi dito até agora encontra confirmação em várias passagens da Bíblia:

"Quando o corpo incorruptível se revestir da sua incorruptibilidade, e quando o corpo mortal se revestir da sua imortalidade, então cumprir-se-á a palavra da Escritura. A morte será absorvida pela vitória".
Bíblia, Carta aos Coríntios.

"Eu sou a Ressurreição e a Vida. Aqueles que acreditam em mim, mesmo que morram como os demais, viverão de novo. E todo aquele que vive e crê em mim não morrerá para sempre". 
Jesus, São João
Para os que seguem o espiritismo não só confirmam como vão mais além, onde acreditam que o espírito reencarna várias vezes até atingir a perfeição, o patamar divino, pois acreditam que o espírito reencarna quantas vezes forem necessárias para o seu aprimoramento e aperfeiçoamento, em que cada espírito encontra-se em graus diferentes de desenvolvimento, uns necessitam de reencarnar muitas vezes, outros evoluem mais depressa necessitando reencarnar menos vezes.
            A reencarnação existe? Vidas passadas existem? Não é uma resposta fácil de se obter, é muito controverso e polêmico. Se adoptarmos como verdade o que Lavoisier disse”…na natureza nada se cria, nada se perde tudo se transforma” e juntando o facto de sermos energia, ou melhor possuirmos energia vital, talvez, possamos pensar que a morte encerra um nível de energia e que abre as portas para ascendermos a um nível energético superior, transformando a energia outrora inferior numa energia superior. Se assim pensarmos, também poderemos talvez, aceitar a possibilidade de haver reencarnação, como uma sucessão de transformação energética até atingir o topo da pirâmide energética que traduziria a perfeição, o alcançar da divindade.
            Este é um assunto fascinante que abre caminho para outras inquietações: Se acreditarmos que tudo isto até agora é verdadeiro, então acreditaremos que existem mundos paralelos, ou melhor, vários mundos, só que em esferas energéticas diferentes, se assim for, então, cabe aqui algumas perguntas: será que conseguimos aceder a esses mundos energéticos superiores ou diferentes? Como conseguiríamos essa ascensão? Talvez através da mente, essa magnífica desconhecida, pelo menos no conhecimento científico atual. Se assim for, então quando as pessoas estão em coma, talvez consigam ascender a esses níveis superiores de energia, e, então estaria justificado ou tornar-se-iam compreensíveis os relatos das pessoas que saíram do estado de coma onde descrevem a visualização de um túnel e no final uma luz radiante, entre outras descrições. Ou então as pessoas que conseguem entrar em meditação profunda, em transe, ou melhor em estado alterado de consciência, voluntariamente, também ascenderiam a esses níveis energéticos superiores, o que viria a esclarecer os médiuns descritos pelos que acreditam no espiritismo, que captariam as mensagens dos espíritos nos vários níveis de energia, ou daqueles que relatam as viagens astrais, isto é que conseguem deixar o corpo físico e “passear” pelos vários níveis energéticos, sem que tenham desencarnado, em linguagem espírita, ou morrido em linguagem corrente., conforme os projeccionistas descrevem.
Se acreditarmos que existe vida após morte, ou que a morte é a passagem para a vida eterna, conforme é ensinado na doutrina católica, então significa que também acreditamos que existe um céu para onde as pessoas que andaram dentro da lei de Deus terão o descanso merecido e prometido. Se acreditamos em céu, teremos que acreditar no inferno, porque sempre existe os 2 lados de uma moeda ou pólos opostos, o lugar aonde o espírito padeceria nas trevas por não andar de acordo com a lei de Deus.
Acreditando nesses dois lugares, então acreditar no purgatório viria por acréscimo, porque é necessário um tribunal para julgar as almas/espíritos que andaram de acordo com a lei de Deus para depois serem encaminhados para os respectivos locais, para receberem o prêmio ou o castigo eterno. Aqui se coloca uma questão: se Deus é amor e o amor tudo perdoa e o próprio Jesus nos ensina que devemos perdoar uns aos outros 70x7 vezes e não somente uma vez, como então permitiria que um espírito fosse condenado ao castigo eterno caso não vivesse na lei de Deus? Aqui cabe, ainda, uma outra reflexão: Partindo da crença do espiritismo em que o espírito reencarna tantas vezes quantas forem necessárias para o seu desenvolvimento até atingir a perfeição, então não seria este o ponto de união entre as duas doutrinas, o inferno pregado na religião católica seria o ter que regressar a dimensão física, quantas vezes fossem necessárias para se redimir de suas faltas, recebendo a oportunidade de se arrepender e voltar ao caminho da luz, para a doutrina espírita seria o reencarnar, o renascer do espírito num outro corpo. Se assim acreditarmos podemos inferir que o céu seria o paraíso dos justos que andaram de acordo com a lei de Deus e seria alcançado com a morte e daí a expressão “dai-lhe o eterno descanso entre o esplendor da luz perpétua”, que poderíamos explicar como sendo o desejo de que aquele espírito que acabou de fazer a sua passagem não tenha que regressar a dimensão física encontrando o patamar da energia superior, a perfeição, a divindade.
Num “passeio” pela Internet, encontrei esta imagem magnífica, perfeita para traduzir o que vem sendo descrito ou seja, a morte como a passagem para um nível energético superior (utilizada com autorização do autor Jim Warren).
Em forma de conclusão, para serenar o meu espírito necessito acreditar, neste momento, que o Crepúsculo da Vida, a morte, é a passagem de uma vida de sofrimento para uma vida de Paz, Luz, Serenidade e Amor, é o abrir das correntes, libertando o espírito aprisionado, para seguir em direção à Luz Divina, para poder acreditar que minha querida mãe se encontra sem sofrimento, em paz e ter alcançado o patamar da Luz Divina.


domingo, 6 de maio de 2012

Semana da rainha do lar...

Hoje faz 5 anos que estivemos pela última vez almoçando com a nossa rainha do lar, por coincidência o calendário de 2012 é idêntico ao de 2007, o que faz com que a tristeza ressurja com muito mais intensidade e profundidade, tudo apontava para mostrar que a tristeza desaparecera, mas não ela está firme e parece inabalável como o fora na altura, apenas estava latente...mesmo acreditando que ela está na Luz Divina (estando em "ritmo alfa" por alguns momentos, um sussurro longínquo dentro de mim apontava  que ela estaria sem sofrimento, o que abrandou a profunda dor revivida) isso não impediu que as lágrimas rolassem pelo rosto, apesar de estar andando na rua sob os olhares de todos. 
Ao entrar na padaria, um bolo logo chamou a atenção e num impulso o comprei, por breve frações de segundo foi como se a minha querida mãe não tivesse partido, que chegaria em casa e entregaria o bolo a ela... mas foi apenas um lampejo de ilusão, uma ligeira distorção da realidade, talvez o desejo de recuar no tempo,  com certeza é o que todos sentem quando um ente querido cumpre o seu destino e parte...
De volta a realidade, ela se foi, o tempo não volta atrás, a vida segue seu curso nos atropela, não se compadece do nosso sofrimento, nada se pode fazer quanto a isso, apenas rezar e pedir a Deus que lhe dê a Luz Eterna, que esteja em Paz e que o "sussurro interior" seja verdadeiro e que ela esteja sem sofrimento aonde estiver..

quinta-feira, 3 de maio de 2012

"Olhos d'Alma"..."flash" de um momento

Uma dica para os visitantes, em especial os 33 seguidores, deste "cantinho", que gostem de ler, Barbara Aslan (uma amiga... somos inseparáveis) acabou de publicar o seu  livro "Olhos d'Alma", na Bubok.pt,  como oferta de lançamento o formato E-Book será gratuito até ao dia 31/5/2012 (depois passará a custar 5 Euros).  Já aproveitei esta oportunidade, aproveite você também, vale a pena, eu gostei, embora algumas imagens estejam descaracterizadas e deformadas,  basta ir em http://www.bubok.pt clicar em "livraria":Depois digitar no campo pesquisar o título do livro: Olhos d'Alma



E "clicar" sobre o "gratuito"
Caso estejam interessados em outros livros publicados na Bubok, aproveitem eles estavam com 15% de desconto.
Outra dica, se achar interessante alguma imagem e quiser obter  uma cópia da original envie um mail para a autora: barbara.aslan@gmail.com.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Desafio superado... o presente agradou!

Este texto teve início em  3/4/2012 (mas só hoje houve possibilidade de ser concluído) está relacionado com a experiência das várias sensações que temos quando oferecemos algo a alguém, principalmente se for por quem nutrimos um profundo afeto:
Essas sensações começam desde quando idealizamos o que vamos oferecer, temos presente a pessoa, seus gostos ou o que achamos que conhecemos dos seus gostos e preferências, o tempo todo iniciamos um diálogo mental com esse alguém e as idéias vão surgindo, principalmente quando queremos oferecer e não sabemos o quê, fazemos um "brainstorn" até que optamos, entretanto, achamos que a pessoa merece algo mais ou que é "pouco" aí pensamos o que podemos fazer para torná-lo "muito" ou "mais do que pouco", aí a criatividade começa a fluir, algo que desafie a curiosidade, motivem, despertem emoções (como mensagens encriptadas, tarefas a cumprir como palavras cruzadas, caça ao tesouro, forca, puzzles, mensagens ocultas que só a pessoa identifique, envelopes sequenciais etc..), terminada a fase de elaboração, vem a fase da ação, um desafio a nossa habilidade e destreza, não só para executar  como o de encontrar o que idealizamos. Terminada a fase da ação, surge a fase da entrega, se for através do correio, entra a fase da ansiedade "será que vai receber? vai chegar a tempo? Será que vai gostar? Qual será a reação?
Se não chega  ou se não chega a tempo vem a decepção e o desânimo "tanto trabalho em vão, não conseguimos o objetivo: o despertar do sorriso daquele que gostamos, um momento de alegria e descontração, um bálsamo refrescante para aliviar a tensão do dia", por outro lado recorda-se das emoções vividas durante o preparo e nos sentimos recompensados "valeu a pena sim, só há que lamentar que o outro  não tenha tido a oportunidade de apreciar o pedacinho de nós que enviamos junto e vem a conformação "se não recebeu ou se não chegou a tempo é porque não estava destinado a ser por alguma razão.
No entanto se chega depois do dia que gostaríamos que chegasse já não sentimos grande emoção, mas quem recebe poderá sentir (ou não) uma grande emoção porque  já não contava ou esperava e quando expressa o seu agrado, dentro de nós surge uma grande satisfação, principalmente quando era um desafio para nós mesmos, "desafio superado! valeu a pena cada esforço, cada trabalho que tivemos, só para despertar, mesmo  por breves momentos, o sorriso de quem amamos".

Uma tragédia no seio da família de 2 atletas do Volleyball


No dia 25 de Abril a imprensa noticiou uma tragédia ocorrida na Praia da Memória em Matosinhos Portugal:

"Uma mulher de 62 anos morreu esta tarde, por afogamento, na Praia da Memória, em Matosinhos. A mulher e uma neta de oito anos foram arrastadas por vagas quando passeavam junto ao mar . As autoridades já resgataram o corpo, sem vida, da avó, que foi localizado por um helicóptero da Força Aérea".

"A avó e a neta desapareceram, na quarta-feira, dia 25 de abril, na Praia da Memória, em Lavra, pelas 18:30 horas.
A mulher, com cerca de 60 anos, afogou-se quando tentava resgatar a neta, que continua desaparecida.
Segundo testemunhas foram derrubadas por uma onda, depois, arrastadas para o mar por uma outra vaga, a irmã mais velha ainda tentou puxá-la, mas não teve força suficiente e foi pedir ajuda".
As duas meninas eram atletas da modalidade Volleyball da Acadêmica de São Mamede, transcrevo a newsletter que recebi por correio eletrônico, relativas a elas, uma forma de demonstrar o pesar por esse momento difícil e entregar a família um forte abraço (apesar de ser virtual) em especial para a irmã mais velha  que testemunhou essa tragédia e travou bravamente a luta contra o mar na tentativa de salvar a irmã, mas este foi mais forte e levou-a, deve ter sido um grande sofrimento, um trauma que ficará para sempre gravado na sua mente e não há palavras que possam aliviar, Se Deus quiser ela encontrará a força, fruto de saber que fez tudo que podia para impedir que o mar carregasse a sua irmã, para superar esse momento difícil de dor e sofrimento.
Que Deus permita que a criança seja resgatada, que a avó já esteja na  Luz Eterna, que a família tenha força para superar esse  trágico , tão doloroso momento pelo qual está atravessando.