Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Natal tempo de "faxina" interior



Hoje uma colega de trabalho veio dar um recado, este apresentava uma expressão facial de dor, ao perguntar se realmente a expressão condizia com o que estava sentindo, este respondeu que tinha dor de cabeça, que era raro, mas que ultimamente  era frequente, entretanto, senti que a dor tinha expressão física, mas a sua origem era espiritual e quanto mais a conversa se desenvolvia, mais convicta fui ficando de que seria espiritual e que a solução seria a via do perdão de si própria, de Deus e de quem fosse o responsável pelo seu estado, embora segundo a próprio todos os campos estavam minados. Terminado esse momento de reflexão conjunta, por ser hora de almoço, a colega num gesto de gratidão pediu autorização e deu um abraço. 
Fui almoçar e na estrada   a cena vivida momentos antes estava presente o tempo todo na mente, por ser época de presentes, surgiu a idéia de dar uma lembrança a essa colega, mas como o tempo era escasso, fui verificar o que teria em casa que pudesse dar que tivesse algum significado para o momento, encontrei 3 velas decorativas diferentes, que estavam conforme foram compradas, tinha também uma caixa de madeira que fora comprada o ano passado, na exposição de Natal no lar onde a madrinha estava, sob medida para colocar as 3 velas juntas, depois encontrei um saco de presente com motivo natalino que nem lembrava da existência, parecia feito sob medida para colocar a caixa, junto ao saco tinha uma tira de de um   material de decoração com estrelas cintilantes e transparente, medida exata para embrulhar a caixa e colocar no saco de presente e para que ninguém notasse foi dentro de um saco plástico de compras. Impressionante como tudo foi se encaixando na perfeição como se estivesse pré destinado. 
Entretanto faltava o elo de ligação, para que servisse de ajuda  para a colega,  foi aí que surgiu a idéia da "faxina interior", diria para a colega  que aproveitasse a época Natalina para uma interiorização ou introspecção, que  fosse para um lugar da casa tranquilo com a caixa, as velas, papel e caneta, que acendesse uma das velas e enquanto observava a chama estaria se ligando  a Deus e depois passasse a escrever o que lhe incomodava, enumerar todos os problemas que sabia que existiam e se fosse o caso a quem teria que perdoar ou pedir perdão respectivo motivo e fosse colocando dentro da caixa, esgotado "a lista" fecharia a caixa e posteriormente começaria por ir pegando um "problema" de cada vez para encontrar a solução, só passaria para o outro quando encontrasse a solução do problema tirado, até esvaziar a caixa.
Achei interessante a idéia que resolvi colocá-la em prática e oferecer à família essa oportunidade , colocarei embaixo da árvore, junto com os presentinhos, a sugestão para quem quiser aproveitar o encontro de Natal para fazer a sua "faxina interior".
 Talvez uma dor, um mal estar pouco definido, uma irritabilidade, ou outra sensação incômoda  que sentimos mas que não conseguimos identificar a causa, seja justamente o resultado do "lixo" acumulado na nossa mente e no nosso coração, que nos impede de enxergar a luz   e  de nos aproximarmos de Deus.


Nenhum comentário: