Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sábado, 18 de maio de 2013

As curvas da estrada da vida


RecadosOnline.com
A estrada da vida, inicia com a aurora  (nascimento) e finda com o crepúsculo (morte), composta de retas que parece não tem fim, mas isso é apenas uma ilusão, ela é cheia de curvas, que só as percebemos, quando derrapamos, escorregamos e por vezes caímos desamparados no chão e quando isso acontece, passamos a ter uma visão estreita da estrada.
Nessa estrada existem várias estações estações de serviço ou paragens comum a todos que  a percorrem (vida antes da vida, no útero da mãe, nascimento, lactação, infância, puberdade,adolescência, vida adulta,  3ª idade e morte), cada estação é única, sem possibilidade de retroceder à anterior, embora nem todos consigam passar por todas as estações.
A estrada pode  apresentar curvas inesperadas,  para alguns são poucas ou até nenhuma, para outros, a estrada  é extremamente sinuosa,  as curvas inesperadas surgem com maior frequência, por vezes com um ângulo próximo dos 360º,causando derrapagens, quedas que  conduzem a  mudanças drásticas do rumo, ritmo ou percepção do trecho da estrada ou da estação que se apresenta, é o que aconteceu há 2 meses, surgiu uma inesperada curva, muito acentuada, que  fez com que a rotina de antes se modificasse, até os pensamentos, os hábitos e a capacidade de sonhar  mudaram drasticamente, o que antes consumia parte do tempo, deixou de existir, até parece que nunca existiu, isto gera inquietação,  frustração, preocupação pela consequente estagnação e percepção de que houve quebra na evolução e corte ou mesmo retrocesso no desenvolvimento espiritual, profissional e pessoal,a desagradável e incômoda sensação de  falta de perspectivas e motivação para caminhar nesta estrada, associada à profunda tristeza de ter fracassado na vida. 
Talvez esteja faltando repensar à vida., levantar sacudir a poeira e recomeçar a caminhar nessa estrada,  com a atenção redobrada, desenvolvendo mecanismos internos que permitam fazer  a próxima curva, mantendo o equilíbrio, podendo tropeçar mas sem cair,  por mais inesperada ou acentuada que ela seja..

Nenhum comentário: