Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

domingo, 14 de agosto de 2016

Fazer o necessário ...primeiro passo para fazer o Impossível!



Uma simples frase originando obrigatoriamente uma pausa para meditar na profunda sabedoria que  encerra. São Francisco de Assis, seu autor, era de uma simplicidade e humildade tocante e ao mesmo tempo de uma grandeza espiritual admirável, mostrando ser um  iluminado em profunda sintonia com Deus através da natureza, o que explicaria a profunda sabedoria em suas frases.
Fazer...
 ...O que é necessário "dica" que pode ser percebida como fazer: A nossa parte, o que é certo/correto,  o que é justo e  legal,  repor a verdade, corrigir uma injustiça e, tendo em conta como tratava a todos fraternalmente, fazer com que a solidariedade seja difundida a partir de nós mesmos...
...O que é possível "dica" que pode ser percebida como estar: Em consonância com os nossos dons, com a nossa habilidade, capacidade, com os meios de que dispomos, com a nossa inteligência, disponibilidade e vontade...
... O impossível "dica" que pode ser percebida como buscar:  Enfrentar os obstáculos, envidar esforços para conseguir, vencer as contrariedades, resistir às pressões, superar as limitações, ultrapassar os limites,  derrubar as barreiras, encontrar a solução para os problemas encontrados,  resposta para as perguntas formuladas...

Portanto, o primeiro passo para fazer possível o impossível é fazer o que é necessário!
Esta reflexão veio no momento certo, aliás tudo acontece no momento certo, e por algum motivo ou razão para acontecer, para "recarregar a bateria" que estava muito fraca, e assim ficar fortalecida para fazer o que é necessário fazer, dentro do possível da realidade pessoal cheia de condicionantes limitantes, para conseguir o impossível perante a realidade exterior  hostil, adversa, com alto nível de stress, altamente desgastante, poder continuar sozinha, "remando contra a maré" apesar de estar certa e ter a verdade ao meu lado, lutando contra uma multidão traiçoeira, injusta e até meliante, tendo que estar 100% atenta e vigilante para não cair nas armadilhas, rasteiras e armações dessa multidão irascível que não satisfeita em destruir o sonho de uma vida, tenta a todo instante impedir de fazer o necessário, boicotando o desempenho, pressionando para desorganizar o que está organizado, promovendo um ambiente hostil de alta tensão, um"braço de ferro". por vezes quase "levando a melhor", mas  até agora infrutífero, porque quem tem Deus dentro de si e a certeza de estar fazendo o necessário, o que é justo, legal ou correto, tentando cumprir a sua parte, tem a força necessária para não tombar ou sucumbir, como aconteceu até agora.

Nenhum comentário: