Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 17 de junho de 2008

Admiração


Admiração (do latim admirari), segundo pesquisa na wikipédia, é um sentimento (são informações que seres biológicos são capazes de sentir nas situações que vivenciam) de surpresa ou espanto diante de uma situação.
Pode-se dizer que é a razão da emoção. Embora, muitas vezes admiramos ou somos fãs de outra pessoa através da imagem que formamos dessa pessoa, mas que nem sempre corresponde à realidade e ficamos decepcionados, quando a imagem que fazemos na realidade não passa de uma miragem ou de uma ilusão de óptica. Ninguém nos decepciona, nós próprios causamos a decepção em nós, quando criamos expectativas elevadas partindo não da realidade, mas sim da nossa interpretação da realidade.
Partindo do princípio de que este é um sítio dedicado a emoção x a razão, está na hora de acrescentar um pouquinho do conhecimento a cerca do local onde a emoção e os sentimentos são processados, ou seja no sistema límbico, uma parte do cérebro, constituído por:
*Amígdalas (localizadas no lobo temporal anterior) => quando destruídas o animal torna-se: dócil, indiscriminativo sexualmente, descaracterizado afetivamente, indiferentes ao perigo ou situações de risco; Quando estimuladas eletricamente provocam crises violentas de agressividade. No Homem se estiverem lesionadas, este perde a capacidade de saber se gosta ou não da pessoa conhecida que está vendo.
* Hipotálamo (relação estreita com as amígdalas)=> centro identificador do perigo, nele é gerado o medo e ansiedade que leva ao animal a ficar em alerta pronto para fugir ou lutar. Além de regular o comportamento, contolam as funções vegetarivas do encéfalo como temperatura, o impulso para comer e beber, etc... e desempenha função nas emoções (nas porções laterais prazer e raiva, na porção mediana : aversão, desprazer tendência ao riso incontrolável /"gargalhada"). Quando os sintomas físicos da emoção aparecem, a ameaça que produzem, retorna, via hipotálamo, aos centros límbicos e, destes, aos núcleos pré-frontais, aumentando, por um mecanismo de feed-back negativo, a ansiedade, podendo até chegar a gerar um estado de pânico.
* Hipocampo => Onde se processa o armazenamento da memória de longa duração, quando destruído totalmente nada mais é gravado na memória. Se intacto possibilita comparar as condições de uma ameaça atual com experiências passadas similares, permitindo optar pela melhor opção para garantir a sua preservação.
* Tálamo=>reação da reatividade emocional do Homem e dos animais.
* Giro cingulado=> Situado na face medial do cérebro, feixe nervoso que liga os 2 hemisférios cerebrais. A sua porção frontal coordena odores, e visões com memórias agradáveis de emoções anteriores, da reação emocional à dor e da regulação do comportamentto agressivo. Sua A ablação em animais selvagens, domestica-os totalmente. A simples secção de um feixe desse giro interrompendo a comunicação neural do circuito de Papez, reduz o nível de depressão e de ansiedade pré-existentes.
*tronco cerebral=> Região responsável pelas reações emocionais. Possui uma massa concentrada de neurônios secretores de norepinefrina que participam nos mecanismos de alerta , vitais para a sobrevivência, mas também da manutenção do ciclo vigília-sono; Um grupo de neurônios secretores de dopamina. A descarga espontânea ou a estimulação elétrica dos neurônios dessa região produzem sensações de prazer, algumas delas similares ao orgasmo. Indivíduos que apresentam, por defeito genético, redução no número de receptores das células neurais dessa área, tornam-se incapazes de se sentirem recompensados pelas satisfações comuns da vida e buscam alternativas "prazeirosas" atípicas e nocivas como, por exemplo, alcoolismo, cocainomania, compulsividade por alimentos doces e pelo jogo desenfreado.
* Septo=> A estimulação de diferentes partes desse septo pode causar muitos efeitos comportamentais distintos.
* Área septal => situada anteriormente ao tálamo, onde estão localizados os centros do orgasmo (quatro para mulher e um para o homem). Certamente por isto, esta região se relaciona com as sensações de prazer, mormente aquelas associadas às experiências sexuais.
**Área pré-frontal=> Não faz parte do Lobo límbico tradicional, mas suas intensas conexões com o tálamo, amígdala e outras sub-corticais, explicam o importante papel que desempenha na expressão dos estados afetivos. Subdividida em dorsolateral ( relacionada com o raciocínio, permite a integração de percepções temporalmente descontinuas em componentes de acção dirigidos a um objectivo); Orbitofrontal ( interface entre os domínio afectivo/ emocional e a tomada de decisões centradas nos domnios pessoal e social). E dorsolateral, funciona como um "secretário de direcção" da área dorsolateral, ao dirigir a atenção. As três áreas contribuem para o que se designa de "Funções Executivas". Quando é lesado , o indivíduo perde o senso de suas responsabilidades sociais (lesões orbitofrontais), bem como a capacidade de concentração e de abstração (lesões dorsolaterais). Em alguns casos, a pessoa, conquanto mantendo intactas a consciência e algumas funções cognitivas, como a linguagem, já não consegue resolver problemas, mesmo os mais elementares. Quando se praticava a lobotomia pré-frontal para tratamento de certos distúrbios psiquiátricos, os pacientes entravam em estado de "tamponamento afetivo", não mais evidenciando quaisquer sinais de alegria, tristeza, esperança ou desesperança. Em suas palavras ou atitudes não mais se vislumbravam quaisquer resquícios de afetividade.

Nenhum comentário: