Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Encontro de dois corações...concentração de energia cósmica

Willian Shaekspeare estava certo ao afirmar : ...
*..."Há mais coisas entre o céu e a terra que a nossa vã filosofia pode alcançar"
Um bom exemplo é toda a mágica energia que provém do Universo quando dois corações se encontram, há uma modificação de todo o ambiente, mesmo antes deles se encontrarem, o sol surge com uma tonalidade mais viva e incandescente, o dia adquire uma luminosidade, um brilho radiante, os passarinhos chilream entoando um canto harmonioso de felicidade. Durante o encontro nada mais existe a não ser o bater descompassado ditado pela emoção de sentir o calor e a energia transmitida pelo outro. Após o encontro nova modificação surge, só que desta vez é interna, fazendo com que a pessoa sinta-se com uma vitalidade diferente, chegando mesmo a se surpreender com suas atitudes e reações, de levar na esportiva, inclusive até rir da situação, sem se deixar abater ou afetar pela mesma, mantendo o equilíbrio e a paz interior, que em outras ocasiões seriam motivos de stress, de irritação, de uma "trovoada" ou "tempestade furiosa" ou de perder a "estribeira".
O mais surpreendente de tudo isso, é que a pessoa está envolvida na sua rotina sem que haja nenhum tipo de lembrança ou pensamento que possa originar tal transformação, só quando se apercebe da mudança é que toma consciência da relação causa e efeito produzido pelo encontro de outrora e aí sim as lembranças afloram em sua mente, confirmando esse pressuposto, porque:

*..."Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia"

*..."O tempo é muito lento para os que esperam. Muito rápido para os que tem medo. Muito longo para os que lamentam. Muito curto para os que festejam. Mas, para os que amam, o tempo é eterno".
Realmente estas frases sintetizam bem a velocidade do tempo de acordo com a perspectiva utilizada...como o tempo demora a passar, quando se espera por alguém, parece que os ponteiros do relógio não andam, mas quando dois corações se encontram o tempo deixa de existir momentaneamente, para depois se tornar eterno, porque ficarão para sempre unidos por um fio invisível, mesmo quando estiverem afastados.
*..."Guarda teu amigo sob a chave de tua própria vida".
O amigo entra na nossa vida de forma inesperada, pouco a pouco passa a ser uma parte de nós mesmos, tem um cantinho reservado no nosso coração, por isso quando sorri nós sorrimos, quando chora, nós choramos, quando ele sofre, nós também sofremos, se o magoarmos ou ferirmos estamos ferindo a nós próprios.

Como explicar tudo isso a luz da razão?
Impossível faz parte dos mistérios que a vida encerra, aliás, a própria vida já é um mistério que a nossa razão não consegue desvendar.


Nenhum comentário: