Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Uma surpresa ...uma emoção

Uma surpresa acarreta sempre uma emoção podendo esta ...:

... ser acompanhada de energia positiva ou negativa;

... ser exteriorizada ou não;

...ser perceptível ou não;
...Gerar sensações maravilhosas ou gerar lutas internas que entram em conflito com a razão, esta imprescindível , porém carcereiro mor que está sempre vigilante, impedindo a sua livre expressão e com isso gerar culpas por ter desperdiçado o momento.
...originar uma reação de paralisia ou de anestesia quando já interiormente se havia chegado a conclusão de que não aconteceria, levando a que as palavras saiam com dificuldade, até sem nexo ou parecerem forçadas.


Há momentos em que a surpresa, por exemplo a vinda inesperada, porém desejada, de um amigo que está afastado, quando acontece depois que, a pessoa interiormente esgota todas as hipóteses de resolver a terrível dúvida "virá ou não virá? se vier como será depois de tanto tempo? e chegar a conclusão de que tudo aponta para que não possa vir, no mínimo deixa a pessoa "estática" como que paralisada, o corpo treme em resposta á emoção, mas o agir fica bloqueado, quase emudecida e quando consegue dizer alguma coisa, é de forma desconexa, pouco apropriada para a emoção que sente nas entranhas do seu ser. Com isso desperdiça o momento, que era tão desejado, mas que racionalmente já não era esperado. Gerando um turbilhão de sentimentos, alguns contraditórios, inclusive de culpa por não estar com ele como sempre esteve e na mesma proporção da intensidade das emoções,i mpedindo de sentir e saborear o estado de êxtase que provoca a sua chegada , como outrora aconteceu diversas vezes no passado, quando este surgia inesperadamente ou não.


Tudo isso fruto de uma intelectualização e tentativa de racionalizar o sentimento ou a emoção, aí é que reside o maior erro, porque uma emoção, um sentimento vive-se, sente-se com o coração e não com a cabeça.


Portanto a lição a tirar é que cada momento deve ser vivido e expresso com as emoções e sentimentos que ele encerra, numa total entrega, sem tentar aplicar ao momento as teorias pensadas ou refletidas antes e sem deixar que a preocupação com as possíveis consequências impeçam esse deixar fluir das emoções e sensações despertadas e acarrete o desperdiçar de um momento único, porque esse jamais se repetirá.

Nenhum comentário: