Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

domingo, 13 de setembro de 2009

100 um número a ser festejado!

Todos os momentos que nos proporcionam prazer, bem-estar pleno, são motivos de comemoração. Porém nem sempre estamos voltados para esses pequenos detalhes de celebrarmos especificamente um acontecimento, para além dos eventos comuns e tradicionais (data do aniversário, Natal, Ano Novo, Carnaval, Bodas, Batizado), como por exemplo completar 100 momentos de felicidade onde a fronteira entre a realidade e a fantasia deixa de existir, o sonho torna-se realidade e a realidade transforma-se num lindo conto de fadas. Onde passamos a ser príncipes e princesas vivendo no paraíso, envoltos pela magia do amor, como se estivéssemos dentro de uma bolha mágica. Viver um momento assim já é motivo para comemorar, então que dirá 100 momentos desses…é muita emoção junta! O coração dispara num ritmo alucinado, como se a qualquer momento fosse explodir, mas curiosamente sentimo-nos muito bem, ao mesmo tempo cheios de energia, relaxados e em paz.. Completamente diferente de quando o motivo de alterar o ritmo do coração são sentimentos opostos ao do amor, como raiva, ódio, mágoa, vingança, que esgota a nossa energia, nos angustia e nos deixa em guerra permanentemente.
Devemos arranjar sempre um pretexto para festejarmos, para sorrirmos e fazer com que os outros, particularmente aqueles que amamos, sorriam também.


Cada sorriso que despertamos em alguém, retorna para nós, fazendo-nos sorrir também. Quando contribuímos um pouquinho para alguém ser feliz, estamos contribuindo em muito para sermos felizes. Quem nos proporcionar momentos de prazer, de felicidade, será duplamente feliz, então quanto mais momentos felizes e de prazer proporcionarmos a alguém, mais prazer teremos e seremos mais felizes.


Essa é a lei ou a matemática do amor: quanto mais se dá mais se recebe. Porém muitas das vezes acabamos por inverter egoisticamente essa relação, recebemos muito, neste caso 100, mas damos quase nada em troca, talvez não porque sejamos egoístas e sim porque não tenhamos condições ou não saibamos como o fazer.

2 comentários:

Lola disse...

Céu,Tenho estado numa correria.
Nem tenho atualizado meu blog como tb não tenho lido suas inteligentes observações.
Mas uma coisa é certa. O amor está presente nos meus passos todos os dias.
Amor
Lola

Céu disse...

Obrigada por seu comentário Lola em especial pelas gentis palavras "...suas inteligentes observações..." embora não tenha a mesma opinião que você, acho minhas observações comuns, apenas reflexões. Mas é gratificante saber que alguém as aprecia.
Um abraço.
PS: vi pelas suas fotos que você se divertiu muito em Gramado, que bom!