Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Mãe...o papel mais relevante da mulher na sociedade!

A natureza é vaidosa, caprichosa, generosa, amorosa, rica, produtora, bela, sedutora, encantadora, acolhedora, misteriosa, poderosa e por vezes até vingativa. Não fosse ela do gênero feminino. Olhando para as árvores, as plantas, as flores, a própria primavera, todas do gênero feminino, compreende-se porque a mulher, igualmente do género feminino, exerce um papel social relevante:
É o esteio da família, embora o homem represente a figura do “chefe de família” e como tal tenha a obrigação de sustentá-la e assuma o “cargo” de prover financeiramente, porém a gestão financeira fica a cargo da mulher, que é naturalmente uma economista doméstica, sem ter curso de gestão ou economia.
É a responsável pela perpetuação da espécie, (sem ela como o bebê viria ao mundo? Embora em parceria com o homem, se bem que numa espécie de abelhas, ocorre a partenogênese) e por ensinar e educar os filhos. A cerca disso, outrora recebi uma mensagem em PPT, que transcrevo:
"Uma vez uma criança estava pronta para nascer.
Um dia a criança perguntou a Deus, “Disseram-me que me vais enviar amanhã para a Terra ”
“mas como vou viver lá sendo tão pequena e indefesa?”
Deus respondeu,
“De entre muitos anjos,
Eu escolhi um para ti.
Ele estará à tua espera e cuidará de ti".

“Mas” disse a criança,
“aqui no Céu eu não faço mais que cantar e sorrir.”
É o que eu preciso para ser feliz!"
Deus disse,
“O teu anjo cantará para ti todos os dias.
E sentirás o amor do teu anjo e serás feliz".
“E, disse a criança,
”como serei capaz de compreender as pessoas quando falarem comigo, se eu não conheço a linguagem que o homem fala?"
”É fácil ", disse Deus “O teu anjo te ensinará as mais belas e doces palavras que jamais ouviste,
e com muita paciência e carinho, o teu anjo te ensinará a falar".
A criança olhou para o alto e para Deus dizendo,
”E que farei quando eu quiser falar contigo?"
Deus sorriu para a criança dizendo,
“O teu anjo juntará as tuas mãos e te ensinará a orar".
A criança disse, “Ouvi dizer que na Terra existem homens maus.
Quem me irá proteger?"
Deus envolve com suas mãos a criança, dizendo,
“O teu anjo te defenderá – mesmo que arrisque a sua vida!"
A criança entristeceu dizendo, “mas ficarei muito triste porque nunca mais te irei ver".
Deus abraça a criança
“O teu anjo falará sempre acerca de mim e irá ensinar-te o caminho de volta para mim, além de que eu estarei sempre junto de ti".
Neste momento houve muita paz no Céu, mas as palavras da terra podem agora ser ouvidas.
A criança ansiosa, pergunta suavemente
"Oh Deus, Se eu tenho agora de partir por favor diz-me o nome do meu anjo!"
Deus respondeu,
“O nome do teu anjo não tem importancia… Tu irás simplesmente chamar-lhe
“MÃE!"


Na pré-história as mulheres eram sagradas; Todos os deuses eram femininos. Os homens não sabiam como as mulheres engravidavam e, por isso, acreditavam que elas recebiam, diretamente das divindades, a mensagem de uma nova vida, através de seus corpos. Nessa época, os homens eram nômades, saiam para buscar alimento, e as mulheres em bandos, ficavam cuidando dos filhos, em seu "lar pré-histórico".

Algumas mulheres que se destacaram ao longo da História:

Maria de Nazaré, que lutou e também foi uma grande mãe, exemplo de vida e mulher;
Cleópatra foi a última Rainha da Dinastia ptolomaica que dominou o Egito após a Grécia ter invadido aquele país. Tinha uma grande preocupação com o luxo da corte e com a vaidade. Costumava enfeitar-se com jóias de ouro e pedras preciosas ( diamantes, esmeraldas, safiras e rubis; Elizabeth I foi rainha da Inglaterra e da Irlanda de 1558 até sua morte. Seu reino é conhecido por período Elizabetano ou ainda Era Dourada. Foi um período de ascensão, marcado pela expansão do Império Britânico e pela produção artística crescente; Leopoldina Josefa Carolina Francisca Fernanda Beatriz de Habsburgo-Lorena. A mulher que posteriormente se tornaria a primeira Imperatriz do Brasil foi a verdadeira responsável pela Independência de nosso país; Dorotea Erxleben, 1ª médica na Europa, que obteve o diploma em 1754 na Universidade de Halle, na Alemanha; Maria Augusta Generoso Estrela, a primeira mulher a obter o título, no Brasil, que através de uma bolsa de estudos concedida pelo Imperador D. Pedro II estudou em Nova Iorque , obtendo o diploma de médica em 1879; Sofonisba Anguissola (Cremona, para 1532- Palermo, 1625) foi uma pintora italiana, a primeira mulher pintora de sucesso do Renacimiento;

Laura Maria Caterina Bassi (1711-1778) foi a primeira física a ensinar numa universidade. Ensinou a física newtoniana com extraordinário sucesso, tendo introduzido as ideias de Newton em Itália;

Diana Frances Mountbatten-Windsor, Princesa de Gales; Dian Fossey ,uma das mais destacadas pesquisadoras, abandonou a civilização para se embrenhar nas florestas africanas e viver entre o Zaire e Uganda, nos Montes Virunga, estudando os gorilas. Durante anos enfrentou os perigos da floresta, doenças, feitiçarias, caçadores nativos, caçadores brancos, mas nada a fez desistir de dedicar sua vida aos gorilas; Irena Sendler (destaque no Holocausto); Eva Perón, como ficou conhecida em seus últimos anos; Evita, como o povo a batizou, foi uma figura que rompeu todos os precedentes históricos e definiu uma modalidade política nunca vista até então; Florence Nightingale, Ana Neri (Primeiras enfermeíras); Francisca Edwiges Neves Gonzaga maior vulto de compositora popular brasileira contribuiu, inestimavelmente, para a formação nacionalismo musical e, tantas vezes pioneira, teve a coragem de viver, com intensidade e desassombro, tudo o que lhe ditava o coração de mulher adiante do seu tempo. Joana d'Arc, por vezes chamada donzela de Orléans, foi uma heroína da Guerra dos Cem Anos foi uma mártir francesa canonizada em 1920, quase 5 séculos depois de ser queimada viva. Madre Teresa de Calcutá (Ganxhe Bojaxhiu) nasceu em 26 de agosto de 1910, na cidede Skopie, capital da Macedônia, naturalizou-se Indiana é considerada, por alguns, a missionária do século XX, fundou a congregação "Missionárias da Caridade"; Mata Hari (7 de agosto de 1876 - 15 de outubro de 1917) era o nome artístico de Margaretha Geertruida Zelle, uma dançarina exótica holandesa que foi acusada, condenada e executada por espionagem durante a Primeira Guerra Mundial; Simone de Beauvoir , filósofa existencialista francesa , e seu feminismo famoso e militante; Rainha Vitória - O reinado de Vitória foi o mais longo, até à data, da história do Reino Unido e ficou conhecido como a Era Vitoriana. Este período foi marcado pela Revolução Industrial e por grandes mudanças a nível económico, político, cultural e social; Marie Curie- Foi a primeira mulher a ganhar o Prémio Nobel, de Física. "Inventou” a radioatividade surgindo interesse pelos fenômenos radioativos; OLGA BENÁRIO PRESTES - Jovem militante, de origem judaica, entregue para ser morta pelo regime nazista em campo de concentração. Veio para o Brasil na década de 30, para apoiar o Partido Comunista do Brasil. Destacada como guarda-costa de Luís Carlos Prestes; Margareth Thatcher foi a primeira mulher a ocupar o cargo de primeiro-ministro da Grã-Bretanha. Após assumir o poder, optou por fazer uma política de convicção e não de consenso ;
Maria Stuart foi uma das mais famosas rainhas do século XVI, e que teve contra si o ódio e a maldade de soberanos Ímpios; Valentina Tereshkova: A primeira astronauta feminina do mundo, a russa, aos 70 anos, diz que ainda sonha em ir a Marte - mesmo que seja só de ida.

Angela Merkel: chanceler alemã; Sheila C. Bair: presidente da Comissão Federal de Seguros de Depósitos (FDIC) dos Estados Unidos; Condoleezza Rice: Secretária de Estado dos EUA; Cristina Kirchner:presidente da Argentina;

Christine Lagarde: Ministra de Economia, Finanças e Emprego da França;Yulia Tymoshenko: Primeira-ministra de Ucrânia; Sonia Gandhi: presidente do Partido do Congresso da Índia; Sri Mulyani Indrawati : Ministra de Economia e Finanças da Indonésia; Dr. Julie Gerberding: diretora de Centros de Controle e Prevenção de Doenças nos Estados Unidos; Michelle Bachelet: presidente do Chile; Ellen Alemany: diretora executiva do Royal Bank of Scotland Americas; Hillary Rodham Clinton: Senadora por Nova York; Anne Sweeney: presidente do Grupo de televisão Disney-ABC; Valentina Matviyenko: governadora de St. Petersburg, na Rússia; Nancy Tellem: presidente do CBS Paramount Television Entertainment Group; Aung San Suu Kyi: primeira-ministra do Myanmar e Nobel da Paz ; Gloria Arroyo: presidente das Filipinas; Susan Decker: presidente do Yahoo! Tzipora Livni: vice-primeira-ministra e ministra de asssuntos estrangeiros de Israel; Ursula Burns: presidente da Xerox; Helen Clark: primeira-ministra da Nova Zelândia; Ellen Johnson-Sirleaf: presidente da Libéria; Janice Fields: diretora operacional de vice-presidente do Mc Donald’s; Yang Mian: presidente da Haier (China);Tarja Halonen: presidente da Finlândia; Ruth Bader Ginsburg: presidente do Supremo Tribunal dos Estados Unidos; Mary McAleese: presidente da Irlanda; Drew Gilpin Faust: presidente da Harvard University; Margaret Chan: diretora-geral da World Health Organization (Suíça); Christina Gold: diretora-executiva da Western Union; Rainha Rania Al-Abdullah: Rainha da Jordânia; Virginia Rometty: vice-presidente da IBM Global Business Services; Catherine Cesarsky é a primeira mulher a dirigir a União Astronómica Internacional.

É uma lista enorme e está longe de representar o universo das Mulheres que se destacaram na sociedade, porém não podemos esquecer a maioria das mães (em especial a minha querida) do mundo todo, o papel mais relevante da mulher na sociedade, que com seu exemplo de trabalho, dedicação, honestidade, educam com dignidade e civilidade, mostrando para seus filhos e filhas o melhor caminho, os verdadeiros valores de ética e cidadania, e que é preciso antes de tudo trabalhar para ser feliz e construir uma vida melhor.

Nenhum comentário: