Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

quinta-feira, 24 de março de 2016

Uma oração pela vítimas de Bruxelas...Uma lágrima pela humanidade perdida







A semana Santa é  (ou espera-se que seja) um período de grande vivência espiritual para quem professa a Fé Cristã, tempo de reconciliação, de maior sintonia com Deus e com o Universo, marca do Amor incondicional de um Homem embora filho e ao mesmo tempo Pai, Jesus/Deus pela Humanidade. Os acontecimentos do passado dia 21  em Bruxelas, põe  à prova a Fé, porque abalam um pouco a estrutura interna de natureza divina da Humana, desencadeando por vezes vibrações contrárias ao Amor, como revolta, ira, ódio, medo ou pavor,  ao mesmo tempo desencadeando ondas  de amor, correntes de oração pelas vítimas do terrorismo, essa praga que infestou a Humanidade.
Neste momento a Oração pela Paz feita pelo Papa João Paulo II é a que parece se apropriada para que as vibrações contrárias ao Amor possam ser amainadas:

"Escuta minha voz, Senhor, pois é a voz das vítimas
de todas as guerras e de todas as violências
entre os indivíduos e os povos...

Escuta minha voz, pois é a voz de todas as crianças
que sofrem e que sofrerão 
enquanto os povos colocarão sua confiança nas armas e na guerra...

Escuta minha voz, quando eu te suplico de insuflar
no coração de todos os humanos
a sabedoria da paz,
a força da justiça
e a alegria da amizade...

Escuta minha voz quando eu te falo para as multidões que,
em todos os países e em todos os tempos,
não querem a guerra e estão prontas a percorrer o caminho da paz...

Escuta minha voz e dá-nos a força
de sempre saber responder ao ódio pelo amor,
à injustiça por um total engajamento pela justiça,
à miséria pela partilha...

Escuta minha voz, ô Deus, e concede ao mundo
(especialmente ao Oriente Médio) tua paz eterna.
Amém."
 Uma lágrima pelas vítimas... uma lágrima pelos parentes e amigos que tiveram seus entes queridos subitamente arrancados de suas vidas por atos de alguns homens, animais desprovido de qualquer humanidade ou racionalidade...uma lágrima pelo rumo que a Humanidade está tomando, ou melhor pela humanidade perdida desses terroristas... algumas perguntas: Que objetivo ou motivação poderá ter um terrorista? Que estratégias mentais movem um "bombista suicida"? o que ganha um terrorista em troca das dezenas ou até centenas de vidas ceifadas, inclusive a própria, 
decorrentes  dos seus atos insano? Será que alguns querem estabelecer o caos, instalar o medo generalizado na Humanidade?  mas  para que? será que a Humanidade está regredindo, depois de ter atingido um grande avanço  tecnológico, um grau elevado de evolução? Será que as trevas pretendem triunfar sobre a Luz? Não, isso não acontecerá porque nada e nem ninguém é mais poderoso do que o poder do amor que emana de Deus.
Uma vela para afastar as trevas, porque onde existe um feixe de luz (amor) as trevas enfraquecem.