Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

domingo, 30 de maio de 2010

Verdade! O que é a Verdade?

Escrevendo um comentário no blog “Linha de Consciência” a cerca da verdade, onde o autor no texto fazia referência à verdade ser única, isto no contexto de falsos profetas, surgiu uma nova reflexão sobre a verdade, onde há concordância de que ela, verdade, seja única, porém está sujeita a interpretação que lhe é dada de acordo com a percepção de cada um da realidade e da sua interpretação da mesma.
Existem verdades que não são contestadas por ninguém: Roubar é roubar, matar é matar e ponto final. É claro que pode haver atenuantes que condicionaram estes atos, mas isso já entra em linha de conta com o castigo a ser aplicado, para isso há o julgamento e os advogados interpretarão os dados e os apresentarão ao júri e ao juiz que dará a sentença final. No campo da justiça é o local onde a verdade é muito manipulada, levando a que nos interroguemos , o que é a verdade?

Um dos conceitos filosóficos fundamentais, mas que não tem uma definição nem única, nem simples. A teoria da correspondência, a mais difundida, afirma que se trata de uma representação mental adequada da realidade. A teoria da coerência parte do pressuposto que só uma compreensão completa da realidade pode proporcionar a verdade. A teoria pragmática afirma que a verdade é simplesmente o ponto de vista que é mais útil a longo prazo.

Etimologicamente verdade vem do do latim veritate que significa Conformidade com o real; exatidão, realidade.

Segundo muitos "a verdade é uma interpretação mental da realidade transmitida pelos sentidos,e confirmada por equações matemáticas e linguísticas formando um modelo capaz de prever acontecimentos futuros diante das mesmas coordenadas.".

Para outros mais antigos, abarcavam o sentido de fidelidade, constância ou sinceridade em atos, palavras e caráter. Assim, "a verdade" pode significar o que é real ou possivelmente real dentro de um sistema de valores. Esta qualificação implica o imaginário, a realidade e a ficção, questões centrais tanto em antropologia cultural, artes, filosofia e a própria razão. Para Nietzsche »a verdade é um ponto de vista«, já para Platão» a verdade é tudo o que explica como as coisas são e a mentira como as coisas não são«.

O poeta Carlos Drumond de Andrade escreveu
A porta da verdade estava aberta,
mas só deixava passarmeia pessoa de cada vez.
Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava só trazia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade voltava igualmente com meio perfil.
os meios perfis não coincidiam.
Arrebentaram a porta.
Derrubaram a porta.
Chegaram ao lugar luminoso onde a verdade resplendia seus fogos.
Era dividida em metades diferentes uma da outra.
Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela.E carecia optar.
Cada um optou conforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia.
(Poema “Verdade”. Carlos Drummond de Andrade)

Na Bíblia encontramos que, como DEUS é a “Verdade” (Jesus disse "eu sou o caminho, a verdade e a vida), este desejo inato é o de procurar a “verdade” em todas as coisas. Quando procuramos a verdade e a encontramos, então encontramos DEUS, só pode haver uma verdade, Jo 17,17-23. Qualquer variação de uma verdade não é mais verdade, é erro.

De tudo isto o que ficou retido é que Deus é a Verdade quem encontra a verdade, encontra Deus, quem trilha o caminho traçado por Deus encontra a verdade e a difunde em todos os seus atos no dia a dia.

4 comentários:

Experiencias de uma vida disse...

Amiga
Deus te abençoe e proteja
Voce esta indo fundo numa pesquiza muito séria .
Parabens
Realmente se estás com Deus ,estas com a verdade ,mas a divergencia de opiniões é que complica tudo.
A maneira que um individuo interpreta a verdade Divina ,na maioria das vezes diverge da forma de ver do irmão em Deus.
E,então amiga?
Como resolvermos esse impasse?
A muito tempo ,cheguei a simples conclusão:
( Cada um de nós possui a sua própria verdade)
A sabedoria de quem já viveu muito acaba reconhecendo ,que de uma forma ou de outra ,temos que respeitar a verdade dos nossos irmãos em Deus,e acima de tudo termos fè na nossa própria verdade.
Ninguem pode obrigar ao próximo a pensar da mesma forma .
Gosto muito dos teus questionamentos .
São ótimos porque nos fazem pensar
Continue assim Amiga
Namastê

Igor Carneiro disse...

Muito bom!!!

Estou me preparando para continuar a ler um livro, "Verdade e interpretação", para dar um ponto de vista menos espiritual e mais filosófico, de modo que o texto não seja rebatido com tanta facilidade.

Talvez o próximo texto que escreverei elucide um pouco mais a questão.

Só um ponto. Cada um tem uma verdade, sim, mas essa verdade é a votade de Deus para cada um. Agora você sabe que só existe uma verdade e que só deve existir uma interpretação da verdade. Essa interpretação se dá pelo Espírito!

Grande abraço!

Shalom!

Céu disse...

Obrigada amiga Alcione pelo seu comentário. Concordo quando diz que temos que respeitar a verdade, ou melhor interpretação da verdade dos outros e não devemos impor a nossa interpretação da verdade.
Fiquei muito contente quando disse: "teus questionamentos .
São ótimos porque nos fazem pensar" porque adoro refletir junto com as pessoas ou melhor levar as pessoas a refletirem é na troca de reflexões que o conhecimento se solidifica.
Namastê

Céu disse...

Obrigada amigo Igor, pelo seu comentário. Parece que esse livro é interessante.Aguardarei seu novo post, que tenho a certeza será muito esclarecedor e enriquecedor.
Um abraço
Shalom!