Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Evolução ou adaptação ?

Darwin postulou sobre a seleção natural onde sobrevive os mais adaptados às condições do meio ambiente. Nos dias de hoje o consumo de químicos industrializados é a tônica da sociedade, os organismos têm que se adaptarem para procederem ao seu metabolismo. Seguindo a lógica de Darwin, então os organismos que têm mais contactos com químicos, são aqueles que melhores estariam adaptados ao meio e teriam maior chance de sobrevivência ou será ao contrário?

A alteração do funcionamento do organismo em face aos químicos ingeridos acaba tornando esse organismo evoluído ou um organismo adaptado? Ou será que neste caso evolução é sinônimo de adaptação?

Quem estará mais adaptado aquele que por tudo e por nada ingere um medicamento ou aquele que só o faz em último recurso, protelando ao máximo o seu uso? Que organismo estará mais preparado, aquele que ao menor sinal de dor toma um analgésico, ou aquele que dá condição do organismo de fabricar o seu analgésico interno e só mesmo quando este se torna incapaz ou ineficiente é que o ajuda ingerindo um analgésico? Será que no primeiro caso o alívio imediato do sofrimento não estará "cultivando" um sofrimento maior, porque terá necessidade de doses cada vez maiores de analgésico e mais potentes, porque o organismo vai se adaptando e aumentando a tolerância ou habituação ao fármaco, tornando-se um quimicodepentente?

A sensação é de que as pessoas estão cada vez mais doentes e consumindo mais e mais químicos, quer seja por auto medicação ou por prescrição médica, muitos deles "naturais", por exemplo as frutas são fontes de vitaminas e ricas em fibras, porém algumas pessoas vivem ingerindo suplemento vitamínicos vendidos nas farmácias ou nas hervanárias e/ou lojas de produtos naturais, mas não comem uma peça de fruta. Quantas pessoas trocam a água por sucos "naturais" industrializados, cheio de químicos, se bem que as águas estão recebendo aditivos para ter água com sabor a limão, abacaxi, ou com adição de substância supostamente rica em fibras para "manter a forma física" e com isso mais químico para dentro.

Por outro lado antes era do senso comum que as crianças quanto mais protegidas, mais alergias tinham e estavam sempre doentes, ao contrário daquelas menos protegidas que brincavam livremente, que corriam, saltavam, brincavam na terra, justamente porque aquelas não criavam as defesas necessárias, quando entravam em contacto com um agressor, por algum descuido, pela primeira vez, por mais ligeiro que fosse, geravam reações acentuadas, em comparação com estas que raramente adoeciam, pois o organismo delas estavam sujeitos as agressões do meio e por isso vão fabricando as defesas para se proteger.
Tudo isto acaba sendo um paradoxo. Este caminho não conduzirá a uma involução do Homem ao invés da sua evolução?

4 comentários:

Experiencias de uma vida disse...

Oi Céu
Deus te abençoe e proteja
Muito oportuno e interessante tua publicação.
Desde de pequena ouvia por parte de minha Mãe esse assunto ,pois tive um tio que era médico(eu não o conheci) e êle mesmo naquela época
80 anos atraz, já fazia esse questionamento .Era comum os médicos ministrarem os medicamentos em horarios rigorosos,e ele era contrário ao fato de acordar (principalmente as crianças) para dar o remédio ,ele repetia sempre que o sono é remédio e o organismo reagia e alimentação pura bem administrada e o melhor medicamento.É lógico que esse fato era numa ocasião em que os tratamentos eram menos evoluidos,mas apreciei uma jovem tendo mais ou menos o mesmo ponto de vista de alguem que pelo que eu sempre ouví dele era um estudioso muito capaz na profissão .
Gostei mesmo
Namastê

Céu disse...

Amiga que Deus lhe proteja e cubra de benção.
Obrigada pelo seu comentário que me deixou por um lado feliz por saber que mais alguém tem a mesma perspectiva de vida, por outro, apreensiva quanta a minha própria evolução, se decorridos 80 anos eu faço uma pergunta que fora formulada quase um século antes, o que talvez demonstre uma desatualização em relação ao mundo e a própria vida no presente.
Nemastê!

Experiencias de uma vida disse...

Oi minha jovem
não se preocupe a vontade de entender e evoluir é eterna
Desculpe se te rouxe esse sentimento
Muita paz
Nemastê

Céu disse...

Oi Amiga, que a Paz esteja com você!
Obrigada pelo seu comentário. Náo há porque pedir desculpas, nós próprios é que somos responsáveis pelos sentimentos desencadeados a partir de nosso comando mental.
Nemastê