Sua visita me deixou muito feliz...

Sua visita me deixou  muito feliz...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Viver em sociedade não significa ser um robôt !

Estar inserido na sociedade significa ter atitudes ou comportamentos iguais aos demais inseridos nessa mesma sociedade?
Não isso é massificar, estereotipar ou automatizar (robotizar), está certo que para se viver em sociedade requer um conjunto de regras básicas, normas e princípios de funcionamento estabelecidos e seguidos por todos os que nela se inserem, o que não quer dizer que devam ser obedecidos cegamente, principalmente quando ferem ou vão contra a nossa consciência, neste caso devem ser revistos.
Uma situação que incomoda bastante é quando você vai fazer alguma coisa, que está correta, que não ferem nenhum princípio ou legalidade, que favorece a organização do serviço e alguém é contra dizendo “não pode ser porque tenho ordens para não fazer assim” (uma ordem verbal vindo supostamente de alguém que não assume o que diz no momento de crise) ou então quando se questiona o porque, obtemos a resposta “é assim que está escrito” e fixa-se nisso sem se quer parar para analisar e pensar na viabilidade ou não.
É lamentável quando vemos as pessoas que detém o poder decisório fazerem as coisas sem uma base organizacional estruturada, sem analisarem os pormenores, “começar a construção de uma casa pelo teto”, como se fizessem os planos “em cima dos joelhos”, sem que testem no “terreno” a sua viabilidade, a ideia que surge é que as coisas não foram feitas para funcionar, foram feitas apenas para “posar para a fotografia” principalmente quando acontecem próximo de alguma eleição política e que depois demoram muito tempo a serem implementadas e algumas ficam somente na promessa e na “fotografia”.

2 comentários:

Experiencias de uma vida disse...

Oi Céu
Deus te abençoe e proteja
Estou vendo a nossa jovem questionadora de volta!É isso aí..
Só procura não te deixar dominar pela revolta ,pois essa não é uma boa companheira .
Concordo plenamente contigo,e tenho fé que num futuro teremos o prazer de ver as coisas certas serem realmente valorizadas.
Nemastê

Céu disse...

Obrigada amiga pelo seu comentário!Não pensei que tivesse deixado transparecer um pouco da revolta, acho que é um misto de revolta e indignação o que eu tinha no momento que escrevi.
Que Deus lhe abençoe e proteja
Namastê!